Mercedes Benz SLK 250

SLK 250 da Mercedes Benz

A fabricante de automóveis alemã Mercedes Benz passou a fabricar seus automóveis de classe SLK, mais conhecidos pelo nome Roadster, no ano de 1957, e até os dias de hoje muita coisa mudou na performance desses conversíveis.

Apesar do elevado custo para sua obtenção, pode-se ressaltar que seu preço se faz justo a toda a disponibilidade de opções de entretenimento e dirigibilidade aos seus passageiros.

Chegando à versão SLK 250, o modelo permanece como um automóvel feito para bons passeios com lugares para apenas dois passageiros, evidenciando típico aquele clima de cinema hollywoodiano em que se acaba construindo muita história interessante para ser contada dentro desse luxuoso e esportivo carro.

Ficha técnica do Mercedes Benz SLK 250

O SLK 250 se insere no mercado cada vez mais moderno e oferecendo muitas novidades e requintes para quem pretende adquirir um modelo e estacioná-lo na garagem, ou ainda, para se divertir com ele na estrada. Seu motor com injeção direta, um turbo 1.8 CGI cuja potência máxima atinge até 204 cv e também possui um torque elevado de 31 kgfm. Com câmbio automático com opção manual de 7 marchas e direção hidráulica, o conversível possui um tanque com capacidade de 68 litros, sendo abastecido somente a gasolina.

Os bancos são revestidos em couro que absorvem menos calor, além de serem elétricos e possibilitam um comando com três diferentes posições. Seis airbags frontais e laterais para o tórax e a cabeça dos passageiros tratam de definir os conceitos de segurança do automóvel, que também possui um sistema acoplado que permite detectar sinais de sonolência do motorista. As rodas, de liga leve, possuem 17 polegadas, uma a menos do que na versão SLK 350.

Interior do SLK 250

Outros equipamentos entram como itens de série, como por exemplo, os faróis de neblina dianteiros, faróis bi-nexon, indicador de temperatura externa, piloto automático, sistema Bluetooth com opção de telefone, sistema de áudio que roda arquivos MP3 e CD Player, tomada 12V, 6 alto-falantes, ar-condicionado automático, retrovisor interno com escurecimento automático, limpador de farol, estepe, sistema de navegação touch screen e conexão externa com entrada USB. Esses e outros aspectos ressaltam o valor deste automóvel como uma opção bastante agradável para quem busca luxuosidade e diversidade de opções de entretenimento e diversão.

Teste do Mercedes Benz SLK 250

Desde 2011, os modelos Mercedes Benz estão na 3ª geração, a SLK, sucessora da classe SL, tendo sido lançada nas versões SLK 200, SLK 250 e SLK 350. Estes dois últimos, por exemplo, não possuem tanta diferença, exceto a potência de seus motores e suas rodas.

Com um consumo médio de 9 km/l, o modelo possui uma economia considerável se comparado com o SLK 350, que consome mais combustível a cada quilômetro rodado, gerando maiores despesas para seus consumidores.

Alguns testes mostraram que, devido à sua elevada potência, o SLK 250 consegue fazer de 0 a 100 km/h em cerca de apenas 6 segundos, mesmo tendo um peso de até 1.500 kg, ostentando a versão da marca como uma das mais velozes e eficientes da atualidade no mercado.

SLK 250 branco

Preço do Mercedes Benz SLK 250

Com as alterações no regulamento tributário do IPI – o Imposto sobre Produtos Industrializados, o Mercedes Benz SLK 250 precisou ser lançado pela sua fabricante aqui no Brasil com um preço sugerido de R$ 249.900, maior do que o esperado.

A diferença é de quase R$ 47.000 em relação à versão SLK 200. Com isto, os maiores prejudicados foram os clientes, que agora precisam desembolsar um pouco mais de dinheiro para obter o modelo, contudo, muitos ainda arriscam na oferta para adquirir o roadster, principalmente aqueles que consideram o preço nenhum pouco impossível de ser quitado.

Traseira da Mercedes Benz SLK 250

Mesmo assim, a linha de automóveis SLK mantém a Mercedes Benz como uma das fabricantes de automóveis líderes de mercado, ainda tendo seus veículos com aquela clássica sensação de luxo, esportividade e familiaridade com a estrada.

Conheça melhor a Mercedes Benz SLK 250 no vídeo abaixo:

Peugeot 3008 automático 2014

Peugeot 3008 preto

A fabricante de automóveis francesa Peugeot lançou recentemente a versão 2014 do Peugeot 3008, que desde 2009, quando o modelo passou a ser produzido, tem ganhado algumas características para deixá-lo cada vez mais moderno e sofisticado.

Em 2010, foi lançado no Brasil o modelo 3008 da Peugeot, em três diferentes versões: Allure, Griffe e Rolland Garros. Ambas possuem o motor 1.6 16V Turbo High Pressurem, que pode ter potência máxima de até 165 cv.

O câmbio automático de 6 marchas  é outra característica comum entre as versões do 3008. Com um sistema Head Up Display acoplado ao veículo, fica fácil compará-lo com uma aeronave, já que muitas destas possuem este sistema. Graças a ele, é possível ao motorista ter acesso a algumas informações que são transmitidas diretamente no para-brisa sem desviar a atenção da estrada enquanto estiver dirigindo.

Consumo do Peugeot 3008 automático 2014

O novo Peugeot 3008, quando chegou à versão 2014, aposentou seu câmbio de 4 marchas e passou por uma melhoria para quem está pilotando, com um banco mais alto e possibilitando melhor visibilidade na estrada. Além de, é claro, disponibilizar seus inúmeros recursos para agradar seus consumidores.

Disponível nas cores cinza, branco e preto, a velocidade máxima é de até 202 km/h, enquanto o motor é movido somente a gasolina para qualquer das suas versões.

Com um tanque de capacidade para até 60 litros de combustível, o Peugeot 3008 automático possui um consumo médio de gasolina de até 10 km/l na cidade e 15 km/l em rodovias, um consumo baixo para um veículo com preço satisfatório em virtude de tantos aspectos apresentados.

Câmbio automático do Peugeot 3008

Teste do Peugeot 3008 automático 2014

Movido a gasolina, o Peugeot 3008 2014 passou por alguns testes quando foi lançado para comprovar sua eficiência e suas características que tanto chamam a atenção de muitos consumidores. Como por exemplo, o seu consumo, que não é tão alto quanto outros modelos de automóveis, além de possuir um bom desempenho também para fazer curvas e o preço se ajusta aos seus itens e equipamentos, que são agradáveis.

Na frenagem, o Peugeot 3008 também não decepciona. Em alguns testes realizados, a frenagem partindo de 120 km/h ocorreu em até 49 metros. Partindo da metade, de 60 km/h, foi de até 13 metros o espaço percorrido pelo veículo para chegar a 0 km/h.

O Peugeot 3008 pode ir de 0 a 100 km/h em até 9,8 segundos, aceleração semelhante a de certos tipos de carros menores, mais leves, e com motores maiores,  mesmo possuindo cerca de 1.500 kg, mostrando que o modelo não está para brincadeira quando o assunto é potência e rapidez.

Traseira do Peugeot preto

Preço do Peugeot 3008 automático 2014

Quando lançado o modelo 3008 com câmbio automático, foi disponibilizada a opção de câmbio manual para quem possui esta preferência.

Inicialmente, o preço do Peugeot 3008 2014 foi sugerido pela fabricante aqui no Brasil para girar em torno de R$ 85.000 a R$ 100.000, podendo haver alteração dependendo das concessionárias, das versões do modelo e da própria fabricante, e de itens opcionais que podem ser incluídos.

Uma vez composto pelos seus itens de série, entre eles, tela de 7 polegadas touch screen, sistema Bluetooth com opção de telefone, entrada para conexão USB, ar-condicionado automático com saída traseira, airbags laterais e dianteiros, luzes de neblina, piloto automático e sistema de rádio que pode também reproduzir arquivos no formato MP3 e CD Player, o Peugeot 3008 automático mantém uma média de preço de R$ 86.990 para a versão Allure, R$ 94.990 para a versão Griffe e R$ 98.990 para a versão Rolland Garros.

Peugeot 3008 parte interna

O Peugeot 3008 modelo 2014 chegou ao mercado nacional com muitas mudanças e oferendo sempre mais sofisticação, modernidade e toda qualidade da montadora francesa aos seus consumidores.

Assista ao vídeo abaixo sobre o Peugeot 3008 modelo 2014:

Fiat Punto 2014 completo

Fiat Punto branco

O novo Punto 2014 já está disponível nas concessionárias da Fiat com novidades e mudanças que valorizaram ainda mais o seu visual, com o rico acabamento interno e com todos os itens de série disponíveis, o carro ficou mais tecnológico e prazeroso na hora de ser conduzido. Os consumidores terão a oportunidade de conhecer esse carro em quatro versões diferentes, com quatro motores e dois tipos de câmbio.

O Punto está facilmente entre os melhores carros compactos do país, não é a toa que a Fiat vem renovando o modelo ano após ano, e colocando itens de série em seu interior e exterior para melhorar o desempenho. Conheça mais a respeito desse carro da Fiat nos tópicos abaixo e tire suas próprias conclusões.

Preço do Fiat Punto 2014 completo

Ao olhar para o novo Punto fica evidente que ele recebeu novas linhas que o deixaram mais agressivo, as mudanças evidenciam os para-choques que recebem novos desenhos que variam de acordo com a versão. A partir de agora virão com ele novas rodas, novo conjunto óptico, iluminação em LED, sem contar o teto solar panorâmico que pode equipar o veículo de acordo com a opção do consumidor.

Apesar de a versão 2013 ainda estar nas concessionárias logo o estoque findará e o mais barato entre as quatro versões do Punto será o Essence com preço sugerido de R$ 43,420,00, o Punto Sporting de motor 1.8 sai por R$ 48.420,00. O Blackmotion 1.8 tem preço fixo de R$ 50.550,00 e o T-Jet de 1.4 é o mais caro com preço de R$ 58.300,00.

Fiat Punto branco e preto

Ficha técnica do Fiat Punto 2014 completo

A versão completa do Fiat Punto que é a T-Jet trará com ela muitos itens de série, entre eles estão as alças dianteiras de segurança, ar-condicionado, apoios de cabeça, bancos dianteiros com regulagem de encosto, bancos esportivos revestidos com couro e tecido, além de apoio para os pés do motorista.

O motor fica na posição transversal com 4 cilindros em linha, 4 válvulas por cilindro e 1.368 cilindradas. A potência máxima é de 152 cavalos a 5.500 rpm com o torque de 21,1 kgfm entre 2.250 a 4.500 rpm, o responsável por isso, e pela economia do veículo é a injeção eletrônica que leva a quantidade certa de combustível para a combustão do motor.

Painel do Punto 2014

Avaliação do Fiat Punto 2014 completo

Em todas as versões o carro se ajusta a necessidade de cada condutor, as regulagens no banco e no volante permitem escolher qual a melhor posição de pilotagem. Assim que testado em solo brasileiro mostrou desenvoltura para se sobressair perante aos desafios das ruas do país, sua suspensão trabalha bem e absorve os impactos mais fortes.

A acústica do interior é boa, evitando que ruídos sejam ouvidos pelos passageiros, o teto-solar que é um opcional, permite um passeio relaxante em dias de sol ou em uma noite estrelada. Os comandos de mídia no volante facilitam na hora de trocar de música ou realizar outras funções no comando de mídia no Punto 2014 da Fiat completo, evitando assim, desviar a atenção do motorista.

Fiat Punto vermelho

Todos os carros já vêm com o freio ABS instalado, e para as versões T-Jet e Sporting o câmbio automático Plus é opcional.

Para mais informações sobre o Fiat Punto 2014 assista ao vídeo abaixo:

Fiat Siena 1.4 completo 2014

Fiat Siena vermelho 2014

Em 1997 chegou ao mercado o Fiat Siena, fabricado pela montadora de veículos italiana Fiat, surgindo nessa época inicialmente na Argentina, chegando ao Brasil posteriormente como um complemento à produção do veículo no país vizinho.

Tido como um dos carros sedãs mais famosos e procurados, o Siena visa conforto, segurança e economia aos seus clientes, podendo ser equipado com acessórios opcionais mais os comuns na versão de fábrica.

Movido tanto a álcool quanto a gasolina, o Fiat Siena chega a versão EL 1.4, repleto de novidades, e mantendo alguns aspectos para lá de desejáveis pelos fãs do modelo.

Teste do Fiat Siena 1.4 completo

A performance do modelo tem agradado consumidores que já adquiriram esse modelo, apontando como pontos positivos seu melhor desempenho em relação à versão EL 1.0, e ainda, pouca diferença de preço entre ambos.

Com relação ao espaço interno, chega a ser destacável como um ponto negativo, desagradando a alguns consumidores por possuir um grande porta-malas e um espaço interno mais reduzido, principalmente os bancos traseiros, além de uma limitada diversidade de tecnologias acopladas ao veículo.

Alguns testes foram realizados com o automóvel com relação à velocidade. Entre eles, vale destacar a aceleração de 0 até 100 km/h, que pode ser feita em média de 16,4 segundos.

Siena EL 2014 correndo

Ficha técnica do Fiat Siena 1.4 completo

A versão 2014 do Fiat Siena 1.4 tem se mostrado mais um grande atrativo da fabricante, cujo motor permite ao seu comprador baixo consumo de combustível, mantendo uma potência satisfatória.

Com injeção multi ponto, o motor pode ter uma potência de até 88 cv movido a álcool e de até 85 cv movido a gasolina, podendo atingir, respectivamente, velocidade máxima de 167km/h e 166 km/h. Possui alarme anti-furto, antena, ar-condicionado, porta-óculos, revestimento de colunas, sacola reciclável de objetos, airbag duplo e relógio digital.

O motor pode ir de 0 a 100 km/h em até 16,1 segundos se movido a etanol e até 16,7 segundos se for movido à gasolina. Para quem está socializado com o meio ambiente, nesse modelo não há altos índices de emissão de gases na atmosfera, além de possuir alta silenciosidade. No interior do veículo há ainda rádio com entrada para USB, iPod, iPhone e sistema Bluetooth, com um design novo e mais moderno para o volante.

Painel do Fiat Siena 1.4

Preço do Fiat Siena 1.4 completo

Ainda este ano, a Fiat pretende equipar em até 100% de seus carros produzidos no Brasil com airbags e freios ABS, que são previstos nas normas do Contran que entrarão em vigor a partir de 1º de janeiro de 2014.

Inicialmente, o valor sugerido do Fiat Siena 1.4 completo era em torno de R$ 33.070, podendo ocorrer variação na faixa de preço, dependendo das concessionárias e da própria fabricante dos automóveis. A faixa de preços pode girar em torno de R$ 30.000 a R$ 35.000. Freios ABS e EBD podem ser comprados opcionalmente por cerca de R$ 600 a R$ 650 cada, conferindo ao veículo mais segurança e confiabilidade.

Traseira do Siena prata 2014

O Fiat Siena 1.4 completo foi todo repaginado na versão 2014 para melhor agradas os consumidores e assim conquistar o mercado brasileiro.

Assista ao vídeo abaixo e saiba mais sobre o Fiat Siena 1.4 completo 2014:

Fiat Idea Essence 2014

Fiat Essence 2014

A fabricante de automóveis italiana Fiat lançou recentemente a nova versão 2014 do Fiat Idea Essence, que traz algumas atualizações em seu design em relação aos outros modelos.

Em 2005, quando foi lançado pela primeira vez a versão Fiat Idea, o objetivo era fazer com que o modelo ganhasse maior competitividade no mercado, proporcionando aos consumidores um novo design externo, novos motores, e mais tecnologias acopladas para satisfazer seus clientes. No Brasil, a Fiat passou a investir pesado na marca com o objetivo de desenvolver a linha de produção.

A versão Essence 1.6 16V, atualmente, é uma das mais procuradas no mercado automobilístico, sendo um grande atrativo para quem quer economia sem perder a qualidade e o conforto.

Ficha técnica do Fiat Idea Essence 2014

Com nova moldura para seus faróis de neblina, algumas modificações no painel, agora o Fiat Idea Essence apresenta também uma nova moldura opcional para sua parte central, modificações nas saídas de ar, além de alterações nos comandos de ar-condicionado e novas rodas e calotas.

O Essence ainda possui um motor 1.6 16V com potência de até 117 cv se movido a álcool e de até 115 cv se movido a gasolina, ambos a 5500 rpm, e um câmbio manual de 5 marchas, indicador de temperatura externa e luz no porta-malas, esses últimos como itens de série. Para complementar, o modelo pode ir de 0 até 100 km/h em até 12,4 segundos.

Outra novidade nessa versão 2014 do Fiat Idea é o acréscimo de um retrovisor externo elétrico e frisos cromados, que, assim como os outros aspectos, mantêm o modelo com sofisticação, modernidade e conforto que tanto chama a atenção de seus consumidores.

Motor do Fiat Idea Essence 2014

Avaliação do Fiat Idea Essence 2014

Alguns clientes que já compraram esse carro apontam que, no geral, o Fiat Idea Essence versão 2014 apresenta um design sofisticado e ao mesmo tempo moderno, apesar das poucas novidades que a versão trouxe em relação as anteriores.

No mais, o consumo é um pouco elevado, apesar do conforto, da sua performance e do bom acabamento. Com um motor silencioso e os bancos confortáveis e o espaço interno bastante aconchegante, no geral, o modelo tem agradado seus consumidores, ainda mais com o excelente comportamento dos freios e da climatização por controle manual do veículo.

No primeiro semestre de 2013, as vendas do Fiat Essence foram de aproximadamente 10.000 unidades vendidas em todo o país, perdendo apenas para o Chevrolet Spin e para o Honda Fit, que, respectivamente, ficaram com cerca de 15.000 e 16.000 unidades vendidas.

Painel do Idea Essence 2014

Preço do Fiat Idea Essence 2014

Assim que divulgado o modelo pela fabricante, o Fiat Idea Essence contaria com algumas novidades em seu design para se posicionar no mercado como mais um grande atrativo da empresa. O modelo se fixa como uma boa opção para quem quer adquirir um automóvel.

Inicialmente, o preço do Idea Essence 1.6 16V foi divulgado oficialmente pela Fiat, saindo em torno de R$ 45.370, bem como as versões Idea Attractive 1.4 e Idea Adventure 1.8 estão saindo, respectivamente, por R$ 43.290 e R$ 52.400. Há a possibilidade de haver alteração nessa faixa de preços, dependendo das concessionárias e da própria fabricante.

Idea Essence 2014

O novo Fiat Ideia Essence chegou ao mercado brasileiro para conquistar cada vez mais consumidores, oferecendo em troca qualidade, conforto e sofisticação tanto em seu interior como também em seu design externo.

Fiat Grand Siena 2014

Grand Siena

Apesar do modelo simples do Siena ainda continuar no mercado, a Fiat resolveu inovar trazendo uma nova versão para 2014. A empresa produziu um novo veículo que carrega com ele o nome “Grand Siena”, não por menos esse título foi introduzido para que os consumidores pudessem o identificar como um veículo com muitos itens de série de ponta.

A intenção da Fiat foi trazer um carro que pudesse ficar abaixo do Linea na tabela, ou seja, aqueles que não podem investir no modelo luxuoso passaram a ter uma boa opção não tão cara disponível. Mesmo com preços baixos, traz com ele diversas opções requintadas no interior que o colocam entre os mais desejados sedãs no mercado.

Consumo do Fiat Grand Siena 2014

Em todas as medidas possíveis o veículo está maior do que a versão simples, mais confortável e todas as mudanças resultaram em um interior espaçoso que abriga os passageiros perfeitamente. O porta-malas que já era um local espaçoso está ainda mais competente com os seus 520 litros, número que o deixa acima de todos os demais sedãs do mercado brasileiro.

Nos testes, a surpresa ficou no painel de serviços do carro que mostra o quanto o automóvel está consumindo, no marcador a média ficou entre os 14 km/litro tanto na cidade quanto na pista. Esses números dependem da forma com que o condutor dirige, se for alguém que acelera bastante o consumo aumenta, e se for uma pessoa que roda com tranquilidade a média é batida.

Interior do Grand Siena

Preço do Fiat Grand Siena 2014

Montado no Brasil, o Grand Siena está sendo produzido em três versões diferentes, a primeira e mais barata é a Attractive 1.4 que tem preço sugerido de R$ 38.150,00. O modelo intermediário é conhecido como Essence 1.6 e teve o valor elevado para R$ 42.890,00 nas concessionárias, e o Evo Tetrafuel é o mais requintado de todos, com o preço fixo de 47.310,00 em todas as concessionárias brasileiras.

São doze cores diferentes que podem ser escolhidas pelos consumidores, quatro delas são básicas e as outras oito são metálicas e mais caras. Se o consumidor acessar o site da marca poderá “montar o seu Grand Siena”, escolhendo os itens que podem vir instalados de fábrica.

Grand Siena da Fiat

Ficha técnica do Fiat Grand Siena 2014

O motor desse veículo fica na posição transversal e possui 4 cilindros em linha, a taxa de compressão é de 10,5:1 com um total de 1598 e 2 cilindradas. A potência máxima é de 115 cavalos utilizando gasolina e 117 cavalos no etanol, o torque produzido é de 16,2 na gasolina e 16,8 com etanol, mostrando força desde a arrancada até a velocidade máxima.

O veículo conta com diversos itens de série como as alças traseiras, acabamento de cor cobre nas saídas de ar, apoio para o pé do motorista, apoio de cabeceira em todos os bancos, ar-condicionado, freios ABS, regulagem de altura no banco do condutor e alertas de velocidade e manutenção no painel.

Grand Siena da Fiat 2014 prata

Em qualquer uma das versões, o Grand Siena está superior ao modelo simples, com bons preços e pode ser a saída para quem não puder pagar mais por um sedã luxuoso.

 

Toyota Hilux 4×4 cabine dupla

Hilux prata

Desde o ano de 1969, a fabricante de automóveis japonesa Toyota passou a adotar o nome “Hilux” para designar as camionetes que passaram a ser fabricadas por ela. O nome seria derivado das palavras em inglês “High” e “Luxury”, podendo significar “alto luxo”.

Durante todo esse tempo, a produção de automóveis Hilux foi se modernizando até chegar nos dias de hoje, procurando atender um público cada vez mais exigente.

Pode ser adquirida mediante duas versões: Hilux de cabine simples e cabine dupla. Atualmente, é um dos carros mais famosos e mais vendidos, oferecendo ao seu cliente conforto e segurança.

Ficha técnica da Toyota Hilux 4×4 cabine dupla

A Toyota Hilux 4×4 Cabine Dupla possui duas cabines, daí o nome “cabine dupla”, em alusão aos compartimentos do automóvel. Além disso, possui uma capota traseira com comprimento de até 1,5 m, largura de 1,5 m e altura de até 0,5m.

A Hilux 4×4 possui retrovisores externos com indicador de direção, uma antena localizada no teto, um sistema multimídia interior com tela de 6 polegadas touch screen e GPS integrado, entrada para USB, iPod e iPhone, além de um aparelho de rádio que reproduz arquivos MP3 e CD Player. Ar-condicionado digital acoplado, sistema Bluetooth, transmissão automática de 5 velocidades diferentes e um painel Optitron, com um design diferente e mais moderno.

E ainda, o banco do motorista possui um ajustador elétrico de distância, inclinação e altura. Nas versões SRV, STD e SR, o motor, um Toyota VVT-i Flex 2.7L 16V DOHC, com sistema de injeção eletrônica, tem potência máxima de até 163 cv a 5000 rpm com etanol e até 158 cv a 5000 rpm com gasolina. Para a segurança de quem está dentro do veículo, há um sistema de airbags, faróis automáticos, colunas anti-impacto, câmera de ré, coluna de direção deformável, em casos de impacto, além de um controle eletrônico de velocidade, que possibilita a correção de falhas que podem surgir durante a pilotagem do automóvel, todos esses aspectos contribuindo para o bem-estar de quem está dentro do veículo.

Painel da Hilux

Preço da Toyota Hilux cabine dupla

A Hilux cabine dupla 4×4, desde que chegou ao mercado passou a chamar a atenção de seus consumidores, principalmente por possuir uma relação de preços dedicada ao seu principal público-alvo, aquele que busca luxuosidade, esportividade, performance e bom gosto.

Pode ser adquirida nas suas diferentes versões, com cabine dupla e cabine simples, por preços que variam entre R$ 90 mil e R$ 150 mil.

Todos os aspectos que fazem parte do modelo proporcionam ao seu consumidor um bom desempenho do produto e confiabilidade que arrastam muitos dos apaixonados por automóveis para as lojas de veículos.

Lateral da Hilux

Toyota Hilux 4×4 cabine dupla a diesel

Nas versões da Hilux 4×4 de cabine dupla SR, STANDARD e SRV, o motor, um Toyota 3.0 litros 16V D-4D diesel possui uma potência máxima de até 171 cv a 3600 rpm com injeção direta e eletrônica de combustível (common rail).

Dentre os demais aspectos do modelo, a maioria são semelhantes aos dos modelos Flex, como os retrovisores externos cromados, controle de velocidade de cruzeiro, sistemas Bluetooth, GPS e entradas para USB , iPod e iPhone, airbags, entre outros.

Frente da Hilux

A potência do motor, no entanto, se mostra um pouco maior, com mais força em cavalos em menos tempo do que os veículos de motores movidos a gasolina e etanol, os chamados Flex.

Assista ao vídeo abaixo sobre a Hilux flex da Toyota:

Fiat Adventure cabine dupla 2014

Dianteira Strada

A Fiat tem muita tradição no desenvolvimento de picapes que deram certo no Brasil, o primeiro modelo era derivado do Fiat 147 e tinha a famosa caçamba para se levar objetos na traseira. O segundo a surgir foi derivado do Uno e também tinha o bom desempenho e espaço suficiente para carregar objetos, em 1998 surgiu a Strada derivada do Fiat Palio.

Apesar de mais cara do que as antecessoras, essa picape trazia com ela a beleza e o conforto do interior, alguns modelos naquela época foram vendidos com direção hidráulica e com vidros elétricos o que era um avanço para a época.

Ficha técnica do Fiat Adventure cabine dupla 2014

Atualmente a Strada não depende mais do Palio para ser produzida, ou seja, os dois veículos são feitos em plataformas diferentes e possuem suas próprias características. A versão 2013 está prestes a deixar de ser fabricada, afinal a montadora está em Viena na Áustria apresentando a nova Picape que será vendida no próximo ano. Algumas mudanças visíveis foram feitas, mas ainda são poucas as informações divulgadas a seu respeito.

O motor ainda não teve seus números revelados, mas acredita-se que deverão ser mantidos os mesmos da versão atual que tem o 1.4 Fire de 8 válvulas e 86 cavalos, tem o 1.6 E-torq com 117 cavalos e o 1.8 E-torq de 132 cavalos. São três opções de carroceria na atualidade com cabine simples, estendida e dupla, já no 2014 será acrescentada a versão com três portas.

Lateral Fiat Strada

Preço do Fiat Adventure cabine dupla 2014

A mudança estrutural não é a única a ser feita nessa picape, nas imagens reveladas pela Fiat dá para perceber que o conjunto óptico traseiro também sofreu leves reformulações. A partir de agora a lanterna traseira não ficará mais na porta da caçamba, talvez essa seja uma maneira de relembrar o modelo de 1998 que tinha essa mesma característica.

Outro ponto que ainda não foi revelado pela marca é o valor do veículo, ainda mais que na apresentação o preço sugerido deverá ser em euros e não em dólares ou reais. O que se pode esperar é que sejam mantidos os preços que estão nas concessionárias atualmente, eles variam de R$ 32.520,00 a R$ 53.210,00, o modelo de três portas poderá ter um acréscimo nos primeiros meses de vendas, mas dependerá do numero de unidades vendidas.

Traseira nova Strada

Avaliação do Fiat Strada Adventure cabine dupla 2014

Seu uso deverá ser voltado para pessoas que desejam ter uma caminhonete para carregar muitos pertences e abusar do seu espaço traseiro, a versão com três portas é para quem quer um carro com caçamba sem perder os quatro lugares do interior. Apesar de ainda não ter revelado muitas informações sobre o interior, alguns especialistas apontam que ela deverá ficar mais confortável e com mais itens de série instalados.

A estreia do modelo de entrada no Brasil deverá ocorrer apenas no final do primeiro semestre de 2014 ou no início do segundo semestre. Talvez o desejo maior da marca seja apresentar esse veículo no Salão do Automóvel, para isso deverá liberar mais informações antes do evento e deixar os consumidores ainda mais curiosos a respeito de como deverá ficar essa picape.

Interior Strada

Assim que for lançada, haverá uma operação das concessionárias para eliminar todas as versões anteriores e assim os consumidores poderão pagar menos nas lojas que possuírem estoque.

Assista ao vídeo abaixo com informações sobre a picape Adventure cabine dupla da Fiat:

Citroën Aircross preço 2013

Citroën Aircross vermelho e prata

Após pouco mais de 90 anos de existência, a marca, que em quase um século passou por diversas inovações e transformações tecnológicas até então, chegou ao modelo Aircross, o qual não foge à regra e também traz alguns aspectos inovadores que estão se consolidando cada vez mais no mercado como um produto de qualidade e voltado a um público interessado em grandes aventuras.
O novo Citroën Aircross possui exclusivas barras de teto longitudinais off-road em alumínio no design externo, rodas de liga leve 16 polegadas, uma tecnologia que permite acesso a um sistema de navegação, incluindo GPS com tela de 7 polegadas, possuindo ainda indicação sonora e visual das rotas em três ou duas dimensões.

Ficha técnica do Citroën Aircross 2013

O modelo ainda possui uma tecnologia de piloto automático com potência de 113 CV, combinado a um motor 1.6 16 V Flex com câmbio automatizado de 4 marchas ou câmbio mecânico de 5 marchas, que possibilita ao motorista manter o veículo numa velocidade contínua sem pisar no acelerador. O modelo ainda permite a função Bluetooth, que possibilita chamadas em viva voz. Na parte traseira, há um sistema de fixação para estepes com capa rígida de alta resistência no material, e que pode ser aberto por telecomando da chave.

Com um alto padrão de acabamento, o Citroën Aircross possui um sofisticado sistema de volante em couro, um painel esportivo com formas arredondadas, bússolas e clinômetros e há ainda um modelo de som automotivo (Pioneer), especialmente desenvolvido para o Citroën. Cujo sistema de áudio permite arquivos nos formatos MP3 e WMA, além de possuir entradas para iPod e USB.

Por último, há um sensor de estacionamento acoplado, vários porta-objetos espalhados pelo veículo, direção hidráulica avançada, além de um para-brisa panorâmico que amplia a visibilidade do condutor e possui um elevado grau de segurança devido à sua resistente estrutura, detalhes estes que refletem o conforto disponibilizado por esse modelo.

Painel do citroen Aircross

Preço do Citroën Aircross 2013 automático

O Citroën Aircross 2013, cujo modelo desenvolvido é inspirado em expedições aventureiras por diferentes lugares, inclusive uma travessia pelo deserto do Saara, possui um preço variável no mercado, contudo, pode ser comercializado por valores que variam em torno de uma média de R$53.000 a R$ 65.000.

Entre eles, o modelo que utiliza motor 1.6 16 V Flex, que será disponibilizado pelo preço de R$ 53.900 em duas versões. Com relação à versão GLX manual, que pode receber câmbio automático, além de oferecer sistema de ar condicionado, direção hidráulica, sistemas de som com entradas iPod e USB e vidros elétricos tem um preço de R$ 57.900. Já a versão Exclusive 1.6 16 V Flex, com sistema de som Pioneer, bancos de couro e ar condicionado digital, também podendo ser equipado com câmbio automático, possui o preço de R$ 64.200.

Citroën Aircross prata e Hickory

Consumo do Citroën Aircross

Com relação ao consumo do modelo Citroën Aircross, por ser automático graças ao sistema de piloto automático, o consumo em média é de 1 litro de gasolina a cada 6,5 km percorridos, um gasto de combustível um pouco elevado em relação a outros modelos da marca, como o Citroën C1, de 2012, cujo consumo médio é de 4,5 litros a cada 100 km percorridos. Portanto, com base nesses dados, o consumo seria, a cada 100 km, de aproximadamente 15 litros.

Citroën Aircross perto de uma cachoeira

Citroën Aircross 2013 é um excelente carro, porém possui um consumo elevado referente aos carros da marma e os seus concorrentes de categoria. Mas vá até uma concessionária da montadora e realize um test drive para adquirir mais informações sobre esse veículo.

Assista ao vídeo abaixo com mais informações e o preço do Citroën Aircross 2013:

Ferrari Califórnia 2013 preço

Ferrari Califórnia vermelha

A fabricante de automóveis Ferrari lançou recentemente um novo modelo de carro intitulado “Califórnia”, que chegou em grande estilo ao mercado e promete ser tão famoso quanto tantos outros já fabricados por ela.

A origem desse modelo, na verdade, vem de meados de 2005, em que seria lançada sob a marca Maserati, pertencente a Ferrari, e posteriormente foi lançado em 2008 no Paris Motor Show, até finalmente chegar agora na versão que conhecemos e, claro, que tanto adoramos. Com um motor mais potente, a Califórnia mantém um ar de luxuosidade, ousadia e conforto.

Preço no Brasil da Ferrari California 2013

A Califórnia chegou ao Brasil recentemente sob uma edição especial, chamada de “30”, saindo por um preço de R$ 1 milhão e meio, ao contrário da convencional Califórnia, que pode ser adquirida por um preço de mais de R$ 400 mil, algo que equivale a praticamente metade deste valor em dólares.

O preço exato possui uma variação que depende da cotação do dólar e dos vários lugares em que será comercializada. Este ano saiu a edição especial da Califórnia, batizada de Califórnia 30, por possui cerca de 30 cv de potência a mais que a versão anterior da mesma marca, além de ter recebido uma diminuição de 30 kg em seu peso e mantido seu preço.

Ferrari Califórnia azul

Ficha técnica da Ferrari California 2013

Agora, em 2013, a Califórnia se torna um inovador e chamativo produto por ser o primeiro modelo a possuir motor dianteiro, um V8 com oito cilindros, com injeção direta de combustível de até 4,3 litros, chegando a 490 cv de potência, um aumento de 37 cv em relação ao modelo anterior.

Outra inovação é que o modelo, considerado um conversível inspirado em automóveis da Fórmula 1 é o primeiro a utilizar um câmbio de 7 marchas com embreagem dupla, possuindo rodas de liga leve e podendo atingir até 310 km/h. A Califórnia agora pode ir de 0 a 100 km/h em até 3,8 segundos, permanecendo como um dos conversíveis mais velozes da atualidade, assim como tantos outros produtos da Ferrari.

Algo que chama muito a atenção na Califórnia é o compartimento presente no porta-malas que, ao ser ativado, faz a tampa traseira se abrir e o teto subir, assim sendo fechado. Além disso, possui também uma capota rígida que reduz o ruído do vento, trazendo mais conforto para seus passageiros.

Ferrari Califórnia amarela

Interior da Ferrari California 2013

No interior da Ferrari Califórnia destacam-se as cores bege, preto e cinza em revestimento de couro, possibilitando dois lugares na frente e dois atrás, um carro ideal para a família.

Oito alto-falantes, cinzeiro na dianteira, tomada com saída 12v dianteira, luz no porta-malas e airbags laterais e dianteiros que incluem proteção para o passageiro são alguns dos aspectos mais chamativos na estrutura do automóvel pelo seu preço.

Interior da Ferrari Califórnia

Neste modelo estão ainda acoplados o sistema GPS e Bluetooth – incluindo telefone e transmissão de música, – luzes tipo LED, volante de direção com ajuste de altura, indicador de temperatura externa e ar-condicionado automático, fazendo o Ferrari Califórnia 2013 consolidar-se como um dos carros de luxo mais vendidos não só no Brasil, mas em todo o mundo.

VW Gol G4 2013

Gol G4 vermelho

A famosa fabricante de automóveis conhecida como Volkswagen lançou recentemente a nova versão do carro Gol, famoso no mundo todo, principalmente aqui no Brasil: o VW Gol G4 2013, o qual está atraindo a atenção dos consumidores por consequência do preço baixo e ao mesmo tempo sendo confortáveis, misturando simplicidade e modernidade no mesmo modelo.

O Volkswagen Gol foi desenhado no Brasil e comercializado em outros países na década de 80, quando imediatamente passou a fazer sucesso e a ser conhecido e comprado, tendo sido o único modelo de carro capaz de superar a marca de vendas do Fusca, até então líder de mercado.

Preço do VW Gol G4 2013

O VW Gol faz parte da Quarta Geração do modelo, que agora, na versão atual, a de 2013, continua fornecendo acessibilidade e baixo preço para seus consumidores e, é claro, conforto e modernidade.

O VW Gol G4 está se destacando aos poucos no mercado. Aqui no Brasil, o modelo está saindo por até R$ 26.000, devido a economia e simples design em comparação com diversos outros modelos de automóveis que visam luxuosidade, versatilidade e modelos aventureiros e esportivos.

Gol G4 2013

Ficha técnica do VW Gol G4 2013

Com um motor cuja potência é de até 68 cv, o VW Gol G4 pode ir de 0 a 100 km/h em até 12,8 segundos, atingindo velocidade máxima de até 170 km/h. Para consumidores não muito exigentes com relação a esse tipo de produto, o modelo apresenta um design confortável, câmbio manual de até 5 marchas, para-sol com espelho, tomada de 12v, indicador de consumo e opções de 2 e 4 portas.

Rodas de aço 5J x 13 ET 38 recobertas com super calotas de aro 13″, reservatório de combustível de até 55 litros e compartimento de carga com volume de até 285 litros também são alguns dos detalhes que valem a pena serem citados. Essa versão moderna do Gol também pode apresentar, opcionalmente, ar-condicionado, desembaçador e lavador do vidro traseiro com temporizador, faróis de neblina, alto-falantes, CD-player MP3 com entradas para USB e iPod e sistema Bluetooth acoplado.

Há também alças de segurança no teto e apoios traseiros de cabeça. Tais peças opcionais terão um determinado custo adicional de acordo com sua encomenda e especificidade. As cores, diversificadas podem ir de preto, branco, prata e cinza a vermelho.

Painel do Gol G4

Consumo do VW Gol G4 2013

Atualmente, o consumo do VW Gol G4 chega a um gasto com gasolina de 17 km/litro e, com etanol, de 12 km/litro. O consumo desse novo modelo recebeu uma redução de cerca de 5% em relação ao anterior, o que indica uma visível economia.

Essa economia foi ocasionada devido às mudanças feitas pela fabricante no motor do automóvel, que agora passa a exigir menos gasto de combustível enquanto estiver rodando.

Gol G4 prata.

Mesmo com a economia de combustível, esse motor e consequentemente o automóvel, não há interferência negativa na potência e na eficiência dos mesmos, que continuam garantindo credibilidade à marca e chamam a atenção para ela no mercado de automóveis, sempre mantendo seu fiel público.

Assista ao vídeo abaixo com muitas informações sobre o Gol G4 2013 da VW:

Fiat Palio Sporting 2014

Palio Sporting

Por causa de o Volkswagen Gol ser o carro mais vendido no Brasil, muitas pessoas acham que a marca é a que lidera o mercado de automóveis no país. Contudo a verdade é que a Fiat lidera as vendas no Brasil por conta da grande variedade de escolhas que possibilita ao consumidor, sem contar que é a mais barata entre todas elas na maioria dos veículos.

Um dos bons carros produzidos pela Fiat é o Palio que ocupa a terceira posição em vendas no mercado, o carro está disponível aos consumidores desde os anos 90, mas agora chegou a versão mais completa com tecnologia de sobra e muitos detalhes que o diferenciam da concorrência.

Consumo do Fiat Palio Sporting 2014

Aos poucos a empresa realizou mudanças no Palio para que o carro pudesse atrair mais consumidores, em 2013 o Fiat Palio passou por várias delas e recebeu a versão Sporting. Diferente dos carros que possuem motores turbinados como Linea e Punto, o carro da Fiat obteve pontos importantes na suspensão, rodas maiores e um visual distinto.

Ele tem o motor um pouco mais forte do que as suas demais versões, por isso os números do consumo de combustível estão acima dos outros. Quando utilizado etanol a média é de 8,2 km/l, se utilizado a gasolina a média sobe para de 12,4 km/l, o consumo na pista é de 14 km/litro que é um valor consideravelmente bom.

Palio rodando

Avaliação do Fiat Palio Sporting 2014

A Fiat liberou o Palio para testes ciclísticos da UOL, dentro da avaliação eles perceberam que se tratava de um carro simples de dirigir, econômico e é mais firme do que os demais modelos. Suporta bem as curvas e mesmo entrando nelas em uma velocidade elevada consegue se manter estável, os jornalistas chegaram a dizer que o acerto foi tão grande que a suspensão poderia ser copiada para outros modelos da marca.

No mercado nacional o Palio tem que concorrer com outros veículos bons na mesma categoria, o principal é o Gol Rallye que possui motor flex de 1.6 e custa R$ 43.030,00. Também tem o Sandero Stepway com o mesmo motor e com câmbio manual de 5 marchas, o qual é mais barato que os demais concorrentes com o valor de R$ 42.990,00.

Traseira do Palio

Ficha técnica do Fiat Palio Sporting 2014

O Palio Sporting traz sob o capô um motor de 1.6 16V E-Torq com potência máxima variante entre 115 com gasolina e 117 com etanol, independente de ser um motor com 4 válvulas por cilindro, o carro oferece bom torque desde as baixas rotações com número de 16,2 kgfm. Esses números geram resultados que mostram que o Palio Sporting é veloz tanto em arrancadas quanto em retomadas de velocidade, as cinco marchas do câmbio podem ser bem exploradas.

No interior as especificações mostram um carro com bancos confortáveis e feitos no estilo Recaro, o automóvel possui regulagem de altura no banco do condutor. O volante é revestido de couro, vários porta-objetos e o teto solar.

Interior Palio

Aqueles que querem investir nesse veículo vão encontrar um carro veloz, mas vale ressaltar que no valor é de R$ 41.310,00 é possível encontrar outros veículos com mais motor e opcionais no mercado brasileiro, mas sem qualidade Fiat.

Confira no vídeo abaixo várias fotos do novo Palio Sporting 2014 da Fiat:

Volkswagen Saveiro Trend 2014

Nova Saveiro Trend

Assim que o Gol G6 chegou ao mercado, a maior parte dos consumidores ficaram ansiosos para conhecer a renovação que seria feita no Saveiro. A principal mudança veio na dianteira que recebeu um novo farol, aos poucos a Volkswagen liberou imagens e informações a seu respeito.

Ela já está disponível no mercado em algumas versões e o modelo de entrada é o Trend, ele foi feito para ser o mais barato e acessível a todos os consumidores que buscam uma picape barata e eficiente.

Preço do Volkswagen Saveiro Trend 2014

O modelo ganhou as mesmas linhas vistas na versão Hatch, mas não parou por aí, os engenheiros também utilizaram o mesmo pacote de acessórios com tecnologia suficiente para agradar aos consumidores mais exigentes. Esse trabalho é possível porque a plataforma usada para a construção do Saveiro é a mesma do Gol, detalhe que ajudou a fazer com que a picape fosse lançada ainda esse ano.

A marca deixou muita gente de queixo caído com o valor baixo que estabeleceu, o preço sugerido é R$ 33.490,00. Se comparado com o carro antigo o valor aumentou em apenas 100 reais, pouco para as mudanças que a picape de cabine simples recebeu. O item mais importante que ela traz são os seus vidros elétricos e o travamento central, são pequenos pontos que ajudam a aumentar o interesse dos consumidores.

Lateral da Saveiro Trend

Ficha técnica do Volkswagen Saveiro Trend 2014

Por conta da pressa que a Volkswagen teve em lançar essa picape o seu motor foi mantido, por isso sob o capô vem um bloco de 1.6 com 104 cavalos de potência ao atingir os 5.250 giros. O torque máximo é de 15,6 kgfm a 2.500 giros, os números são capazes de fazer com que o carro vá de 0 a 100 km/h em apenas 10,5 segundos, ou de 80 120 km/h em 14,9 segundos o que mostra uma boa retomada de velocidade.

A velocidade final do Saveiro é de 179 km/h limitado de fábrica, o veículo na pista mantém as mesmas características da versão anterior que agradava aos consumidores. Para controlar sua velocidade foi instalado o freio ABS que em situações de emergência se faz necessário, vale ressaltar ainda que o sistema ESS também faz parte do conjunto, ele aciona o pisca alerta quando o freio é acionado com força e rapidez alertando o motorista que vem atrás.

Traseira Saveiro

Consumo do Volkswagen Saveiro Trend 2014

Na traseira o espaço continua bom com a capacidade de até 734 litros suportando até 605 quilos, assim como a marca gosta de frisar, o usuário pode abusar das qualidades do carro. No interior a lista de opcionais é vasta e depende apenas de quanto o consumidor deseja gastar para contar com eles.

A picape pode ser adquirida com banco de couro, volante multifuncional com comandos de rádio, CD Player com entrada para Bluetooth, entrada USB e também interface capaz de ler todas as funções disponíveis no iPod. Assim como a montadora promete, é possível obter uma cartilha com todos os opcionais adquiridos.

Interior da Saveiro

Quem estiver a fim de fazer um teste nessa picape pode ir diretamente a uma concessionária da marca, é o melhor lugar para se comprar por conta da garantia e também das revisões de fábrica que se fazem nas necessárias.

Assista ao vídeo abaixo com mais informações sobre Saveiro Trend 2014 da Volkswagen:

Volkswagen Passat TDI 2014

Passat dianteira

Durante muitos anos o Passat foi o carro mais popular da Volkswagen, era um modelo barato e de fácil acesso para pessoas de todas as classes sociais. Anos mais tarde o veículo deixou de ser vendido aqui no Brasil e só foi reaparecer em meados dos anos 90, apesar de muito parecido com o Santana ele tinha suas próprias características e preço.

A partir de então, o veículo ficou conhecido pelos seus altos valores e por cada vez mais se tornar um carro de luxo. Estamos em 2013, mas a versão do ano seguinte já aquece o mercado mundial, a Volkswagen o apresentou nos Estados Unidos como a nova geração do Passat TDI.

Preço do Volkswagen Passat TDI 2014

Como foi um veículo que recebeu mudanças apenas em alguns países até o momento, seu valor ainda não foi divulgado aqui no Brasil, vale lembrar que quando estiver sendo fabricado por aqui o consumidor pagará menos para adquiri-lo. Nos Estados Unidos o Passat TDI da Volkswagen tem dois preços e a versão de entrada custará $ 20.945,00, o modelo completo tem um acréscimo com preço sugerido de $ 26.295,00.

O preço é um excelente ponto para os norte-americanos investirem no Passat TDI, além de ter recebido diversos itens novos, o carro da Volkswagen está com design moderno e mais veloz do que nunca com as suas opções motoras.

Passat exterior traseira

Consumo do Volkswagen Passat TDI 2014

Quem ver o carro da Volkswagen TDI pela primeira vez talvez tenha a sensação de que está olhando para o Jetta, em vários detalhes eles se parecem incluindo as lanternas traseiras e faróis dianteiros. A maior diferença está na capacidade do motor de rodar por muito mais tempo com apenas um litro de combustível, vários testes foram realizados e o Passat TDI quebrou um recorde.

Em testes realizados nos Estados Unidos a marca alemã conseguiu o primeiro lugar entre os veículos que não são híbridos, o medidor contabilizou a média de 33,22 km/l dentro do circuito.

Esse é um número muito bom, pois sabemos que a maior parte dos veículos não chega nem a 20 km/l, normalmente quem faz essa quantia é uma moto de baixa cilindrada.

Lateral Passat

Ficha técnica do Volkswagen Passat TDI 2014

Apesar de várias versões terem sido criadas no exterior, o que deverá ser comercializado no Brasil a principio é o SE da Volkswagen, o qual trará um motor TDI Clean Diesel Engine. É um 2.0 capaz de gerar até 140 cavalos de potência, a sua arrancada é leve e as mudanças de marcha pouco são sentidas no interior graças a sua embreagem leve e macia.

O Passat TDI da Volkswagen na versão brasileira desembarcará com o câmbio manual de 6 marchas, virá com ar-condicionado, trava elétrica, vidros elétricos e até o sistema de ignição através do controle remoto. Em seguida a esse modelo teremos a versão de câmbio automático de 7 marchas, a diferença entre os dois é que o segundo consumirá mais combustível.

Interior

A princípio as informações ainda são desencontradas sobre a chegada, mas é provável que o Passat TDI da Volkswagen esteja no mercado brasileiro a partir do primeiro semestre de 2014.

Volkswagen Jetta TSI 2.0 2014

Jetta rodando

Quando o Jetta foi apresentado surpreendeu até mesmo os críticos automotivos, a maior parte deles esperava uma novidade na Volkswagen, mas não uma mudança em um veículo pouco procurado pelos consumidores brasileiros.

O Jetta da Volkswagen está disponível nas concessionárias em três versões, as quais possuem conjuntos internos diferentes, mas todos possuem motor de 2.0, o que muda em cada um são itens de série oferecidos. Confira nos tópicos abaixo preço, consumo e a ficha técnica do Jetta TSI 2.0 2014 da Volkswagen.

Preço do Volkswagen Jetta 2.0 2014

O sedã novo da Volkswagen tornou-se um veículo de presença assim que foi divulgado, o qual apresentou ser um carro potente em relação aos seus concorrentes da categoria. As renovações realizadas no modelo 2014 do Jetta 2.0 TSI o deixaram ainda mais completo, espaçoso e confortável.

São três versões do Jetta oferecidas aos consumidores com esse motor, as três já possuem preços definidos pela Volkswagen que vão de R$ 61.100,00 até R$ 89.500,00 da versão Highline que é a mais completa.

Jetta traseira

Consumo do Volkswagen Jetta TSI 2.0 2014

O veículo TSI da Volkswagen virá com suspensão traseira multilink e direção elétrica, na dianteira foram instaladas luzes de LED, obrigatórias em alguns países mesmo durante o dia por conta de neblinas. Ainda não existem muitas informações oficiais a respeito das mudanças, afinal esses detalhes são guardados até a apresentação no Salão do Automóvel.

O consumo é um dos dados mais importantes do carro, e acredita-se que o Jetta 2.0 da Volkswagen possa fazer a média de 8,6 quilômetros com um litro de gasolina e até 6,5 km/litro com a utilização do etanol.

Jetta dianteira 2014

Ficha técnica do Volkswagen Jetta TSI 2.0 2014

O motor, como sabemos, é um TSI 2.0 gerador de 211 cavalos a 5.500 rpm, o torque máximo é de 28,6 kgfm a 2.000 rpm. Toda a potência gerada faz com que o Jetta TSI da Volkswagen vá de 0 a 100 km/h em apenas 7,2 segundos. A velocidade máxima atingida é de 241 km/h em qualquer tipo de pista, e para ser controlado conta com os freios ABS instalados para garantir a segurança. Possui freios a disco nas rodas dianteira e traseira, sendo que os da frente são ventilados e com tecnologia ABS.

Bancos e volante são revestidos de couro para dar mais conforto, no painel o condutor encontra muitas informações sobre o veículo que mostra o consumo de combustível e outros mostradore. No lugar do rádio vem um display multimídia com várias funções incluindo: GPS, leitor de cartão de memória, pendrive e Bluetooth.

Intrior Jetta

A Volkswagen deseja trazer o Jetta TSI modelo 2014 o quanto antes, mas primeiramente ele será lançado nos Estados Unidos, depois será oferecido aos brasileiros em meados de 2014.

Para mais informações sobre o Volkswagen Jetta TSI 2.0 assista ao vídeo abaixo:

Peugeot 308 cc conversível

308cc vermelho da Peugeot.

A marca francesa Peugeot já foi mais querida em solo brasileiro, principalmente no período em que trouxe veículos populares com preços similares aos da concorrência. Atualmente deixou de lado essa categoria e trabalha nos carros com designs luxuosos, a intenção é conseguir chegar a um patamar maior.

O 308 cc vem com tudo para o Brasil na tentativa de elevar o nome da marca aos níveis desejados, ele recebeu diversos itens de série e ficou perfeito para quem deseja ter um veículo para passeio nos finais de semana e para longas viagens.

Ficha técnica do Peugeot 308 cc conversível

Ele foi liberado para testes no Brasil logo que lançado, se comportou bem e possui uma configuração interessante: seu motor é 1.6 turbo com 165 cavalos de potência, o relógio analógico no painel marca 5.000 rpm e mesmo em velocidade alta se ouve pouco do motor no interior. O que mais chama a atenção são os suspiros da turbina, ela foi feita para mostrar o nível de esportividade do carro.

Um detalhe que infelizmente compromete a qualidade do 308 é que ele possui 1.530 kg, números altos para um veículo esportivo. Nos testes de velocidade os resultados foram médios, ele gastou cerca de 9,9 segundos para ir de 0 a 100 km/h, nas retomadas empolgou um pouco mais, indo de 60 a 100 km/h em 5,5 segundos.

Interior do carro 308cc.

Consumo do Peugeot 308 cc conversível

Na parte exterior o ponto forte é o seu design robusto que começa com uma grande entrada de ar na dianteira, nas laterais o vinco começa nas portas e prossegue até o para-choque traseiro. As luzes de LED foram instaladas nos faróis de milha e também nas lanternas traseiras, esse item foi adicionado por conta da nova lei europeia que obriga os carros a circularem com as luzes sempre ligadas durante o dia.

O tanque de combustível suporta até 60 litros de gasolina que também influencia no peso final do 308 cc, esses números inapropriados fazem o seu consumo ser alto com 8,2 km/litro na cidade e 12 km/litro em rodovias. Espera-se que em uma versão futura a Peugeot possa melhorar o peso desse veículo, isso afetará sua velocidade e o consumo, que ficarão melhores.

Conversível 308cc vermelho da Peugeot .

Preço do Peugeot 308 cc conversível

A parte mais interessante para quem compra o 308 cc é o seu teto, ele possui um sistema muito bonito que guarda a capota na traseira. O processo de baixar e levantar esse item demora apenas 23 segundos. Mesmo passando por ruas feitas de paralelepípedo as vibrações sentidas no interior com a capota abaixada são pequenas, graças ao seu bom sistema de suspensão.

Apesar das qualidades e dos defeitos, o carro teve o seu preço reduzido para esse ano, nas concessionárias o valor sugerido é de R$ 112.501,00. Como ainda não foram trabalhadas novas mudanças a tendência é que nos próximos semestres esse preço continue caindo, portanto é hora dos interessados aproveitarem a oportunidade.

Traseira do conversível 308cc.

A marca deseja vender cerca de 15 unidades por mês nos próximos semestres, isso o tornará o mais exclusivo da marca no país.

 

Hyundai Santa Fe 3.3

Frente do carro Santa Fe

Aqueles que tiveram a oportunidade de conhecer os veículos que a Hyundai tem comercializado no Brasil com certeza devem ter gostado do que viram. Praticamente todos são recheados de tecnologia no interior e no exterior, contudo ainda não conquistaram o número de consumidores que a marca deseja.

Como a procura ainda não foi atingida a Hyundai está inovando em vários de seus carros, modificando-os e fazendo com que sejam mais atraentes, o veículo que acabou de passar por mudanças foi o novo Santa Fe, que está ainda mais bonito e potente.

Consumo da Hyundai Santa Fe 3.3

É possível ver mudança em toda a parte exterior do Santa Fe, seus faróis ficaram mais largos, a entrada de ar recebeu novo design e a traseira ficou achatada. Como é de costume das grandes marcas atualmente, o teto desse veículo é preto, essa é uma forma de inibir que o verniz seja queimado com a ação do sol danificando a pintura.

Apesar de ter ficado bonito como desejado, o design foi modificado para influenciar em outro ponto, a economia de combustível. Na pista o veículo consegue fazer a média de 11,4 km/litro ultrapassando a Trailblazer que faz 9,7 km/litro, na cidade. Faz ainda a média de 7 km/litro que é o mesmo valor da concorrente.

Santa Fe preta

Teste da Hyundai Santa Fe 3.3

Já foram realizados testes no exterior e também no Brasil, nos dois locais as avaliações foram parecidas e os resultados também. O ponto mais elogiado pelos envolvidos foi a baixa vibração no interior. Mesmo em partes acidentadas do circuito, a SUV se saiu muito bem e mostrou o quão requintada é a sua estrutura. O modo de condução ECO que pode ser acionada do lado esquerdo do volante tem a proposta de passar mais torque às rodas, dessa forma o condutor sente o envio de potências e o atrito com o solo fica maior.

O carro conta com 5 lugares em sua versão mais barata e 7 lugares na mais cara. Apesar de perder um pouco da versatilidade no modelo de 5 lugares, ele ganha uma vastidão de espaços no porta-malas. Seus números chegam aos incríveis 585 litros para levar qualquer objeto, enquanto isso o modelo de 7 lugares é reduzido para apenas 178 litros no porta-malas.

Interior do carro Santa Fe

Ficha técnica da Hyundai Santa Fe 3.3

O Santa Fe é considerado o SUV com o motor mais arrojado do mercado, ele é chamado de Lambda II 3.3 DOHC com 270 cavalos, o motor é tocado pelo sistema de transmissão automático com shiftronix de seis marchas. Quando está em movimento as trocas são praticamente imperceptíveis e os ocupantes podem aproveitar ao máximo o passeio, em momentos em que precisa de mais força a tração AWD 4×4 é acionada e provêm mais potência ao motor.

A parte da segurança é feita com os freios ABS com EBD e BAS no exterior, no interior o sistema é composto pelos airbags na dianteira e também nas laterais. Para a viagem ficar mais confortável o carro traz um sistema multimídia com uma tela de 7 polegadas, ela possui sistema GPS, Bluetooth, entrada auxiliar USB, iPhone e iPod e câmera de ré traseira integrada.

Traseira do carro Santa Fe

A versão com 7 lugares é de R$ 160.000,00 e o modelo com 5 lugares sai por 142.000,00, não é pouca diferença por isso o consumidor precisa a analisar se deseja mais espaço no porta-malas ou que caibam mais pessoas no interior.

Hyundai HB20 Sedan 2014

Novo HB20 sedan da Hyundai.

A Hyundai é uma marca que está se firmando cada vez mais no mercado brasileiro com boas opções para os consumidores, após trazer suas fábricas para o país os valores de seus veículos baixaram bastante e agora é possível pagar pouco por eles. Já existem versões SUVs, Sedans e Hatchs que estão com ótimos preços, sem contar as diversas formas de pagamento.

O HB20 estreou em nosso país com a opção Hatch e esportivo, em que o primeiro modelo chegou a ser o segundo mais vendido nessa categoria, aos poucos se viu a necessidade de trazer o modelo Sedan aos brasileiros, o qual já está a vendas nas concessionárias em todo Brasil.

Preço Hyundai HB20 Sedan

Apesar de ser um sedan feito para os que buscam carros de passeio, o HB20 da Hyundai possuirá uma grande variação de preço em suas versões sedan, o mais barato entre eles será o HB20S 1.0 Comfort Plus com preço sugerido de R$ 39.945,00.

O modelo com motor de 1.6 e com câmbio automático do HB20 sedan será conhecido como Comfort style e terá o valor inicial de R$ 51.375,00 na maior parte das concessionárias, o mais completo será o HB20 sedan Comfort Premium 1.6 automático com preço a partir de R$ 53.995,00.

Caso o comprador escolher o seu HB20 sedan com a pintura metálica terá de pagar R$ 1.070 a mais no valor total,e os interessados em uma pintura personalizada poderão recebê-la com o custo adicional de R$ 1.270,00 em qualquer concessionária da Hyundai.

HB20 sedan prata da Hyundai.

Avaliação do Hyundai HB20 Sedan

Conduzir o HB20 sedan é prazeroso do começo ao fim, o usuário se sentirá a vontade assim que se sentar no banco e perceber que o estofamento recebeu espuma personalizada. No momento em que o HB20 sedan começa a se mover notará que o motor responderá rapidamente aos comandos do acelerador, as arrancadas são boas e mesmo a versão 1.0 consegue se sobressair perante aos concorrentes.

Os freios do sedan da Hyundai são com ABS e EBD, os quais são capazes de pará-lo em poucos metros, e esse sistema de frenagem evita o travamento das rodas principalmente em momentos de emergência.

No painel do carro da Hyundai a iluminação é diferenciada e permite a melhor visualização das informações, no centro há um pequeno monitor digital, o qual mostra detalhes do combustível, temperatura e o quanto os pneus já rodaram.

Traseira do HB20 sedan preto da Hyundai.

Ficha técnica do Hyundai HB20 Sedan

As especificações da ficha técnica do carro da Hyundai começam pela segurança interna do veículo, o qual é constituído por airbags duplos de série, o primeiro fica no interior do volante para o condutor e o segundo na parte direita do painel para o passageiro. Para o conforto de todos os passageiros do Hyundai há porta-objetos embaixo de cada banco, tem funções de mídia no volante e até mesmo um celular pode ser atendido através do painel de mídia.

Sob o capô do carro da Hyundai há um motor de 12 válvulas com 80 cavalos na versão 1.0 e 16 válvulas com 128 cavalos na versão 1.6, os quais são completamente modernos e utilizam 4 válvulas por cilindro em uma configuração com 3 cilindros. O carro da Hyundai é capaz de ir de 0 a 100 km/h em apenas 9,3 segundos e isso o torna o mais rápido da categoria.

Interior do novo HB20 sedan da Hyundai.

Antes de comprar qualquer outro sedan disponível no mercado nacional, vale a pena analisar o lançamento HB20 da Hyundai 2014 e conhece-lo melhor em um teste drive oferecido em qualquer concessionária do Brasil.

No vídeo abaixo você confere mais informações sobre o novo HB20 sedan da Hyundai 2014:

Fiat Freemont Restyling 2014

Freemont branca da Fiat

O ano de 2014 deve ser um dos mais recheados de novidades que a Fiat já teve, a marca deseja reconstruir alguns de seus veículos para atrair mais consumidores e aumentar a sua vantagem na liderança do mercado nacional. Alguns veículos já passaram por mudanças, por exemplo, no motor, na aparência e em itens que precisavam de renovação.

O Freemont é um dos veículos que passaram por mudanças para o modelo Restyling 2014, algumas das mudanças aconteceram no câmbio sequencial automático de 6 marchas que foi instalado no lugar da antiga caixa de 4 marchas, dando mais potência e qualidade ao carro da Fiat.

Preço do Fiat Freemont Restyling

Como já havia sido antecipado pela Fiat em um evento, o valor da versão Freemont Restyling 2014 não subiu apenas pelo reajuste no câmbio, mas sim por vários itens de série que foram agregados.

A partir de agora esse SUV básico conhecido como Emotion da Fiat custará a partir de R$ 95.000,00, já a versão mais completa conhecida como Precision tem um valor a partir de R$ 102.000,00.

Dentre os itens que foram agregados no Freemont Restyling 2014 estão as rodas de aro 17, sensor de estacionamento e as barras no teto que eram opcionais e custavam R$ 1.003,00 nas concessionárias da Fiat.

Traseira do Freemont da Fiat.

Consumo do Fiat Freemont Restyling

Apesar das alterações feitas no SUV poucas coisas mudaram no veículo, o qual continua podendo carregar até 571 kg de carga, possui espaço para até sete pessoas em seu interior e com os bancos deitados há ainda mais espaço interno. Essa quantidade exagerada de itens internos deixa esse veículo com uma média de consumo alta de 7,2 km/litro na cidade e 10,8 km/litro nas rodovias.

Independente dos valores gastos com combustível, o Freemont Restyling 2014 é composto por um motor de 2.4 16V Dual VVT, é movido a gasolina e possui 4 cilindros com comando variável.

Esse motor consegue gerar 172 cavalos de potência a 6000 rpm, o torque máximo é de 22,4 kgfm, com todos esses elementos motores trabalhando juntos o SUV faz de 0 a 100 km/h em 12,9 segundos e limita-se a 190 km/h de fábrica.

Freemont da Fiat de lateral.

Avaliação do Fiat Freemont Restyling

O prazer de rodar com o Freemont Restyling 2014 começa pela sua ignição feita através do sistema Start/Stop, basta acionar o botão e o veículo liga. No centro do painel há uma tela de 8,4 polegadas de LCD instalada, é colorida e sensível ao toque, nela o condutor encontra GPS, Bluetooth, câmera de ré, rádio AM/FM e entrada para cartão de memória.

A direção elétrica traz prazer ao conduzir e fica fácil de realizar até mesmo as curvas mais fechadas sem que ele se desestabilize, ao selecionar a forma de pilotagem no câmbio o veículo começa a rodar e só é necessário usar o acelerador e freio para controlar o Freemont Restyling 2014.

Travas, vidros e retrovisores são elétricos, e os comandos são feitos em seus respectivos botões. É com todos esses itens que o Freemont Restyling 2014 enfrenta o seu maior concorrente da Dodge, o Journey SXT que custa a partir de R$ 109.900,00.

Interior do Freemont da Fiat.

O Freemont Restyling 2014 da Fiat já está disponível em qualquer concessionária brasileira com as mudanças no câmbio, o consumidor que o comprar terá direito as revisões gratuitas de fábrica.

Para mais informações sobre a Fiat Freemont Restyling 2014 assista ao vídeo abaixo:

Volkswagen lança novo Fusca

Novo Fusca vermelho da Volkswagen.

O Fusca sempre foi um ícone da Volkswagen no mundo, mas em poucos lugares esse carro é conhecido por esse nome, em cada país que esse veículo é comercializado batizaram o de acordo com a cultura local. O primeiro modelo era o carro mais barato do mundo, recebeu apoio de Hitler em seu desenvolvimento e era a oportunidade de pessoas de todas as classes sociais possuírem um veículo.

Há muitos anos que o fusca não era fabricado, mas com o passar dos anos uma versão requintada foi lançada pela Volkswagen. Nesse automóvel a empresa investiu todas as suas fichas para construir um novo veículo de primeira linha, com todas as suas tecnologias e com um valor atraente.

Preço do novo Fusca Volkswagen

A Volkswagen lança um novo modelo 2013 do fusca, que além de trazer o nome de volta a marca teve muito trabalho para deixá-lo moderno e luxuoso, foi necessário fazer mudanças nas lanternas traseiras e remodelar a dianteira pra lembrar ainda mais o ícone do passado.

A partir de agora o novo Fusca contará com sistema de navegação integrado, junto funcionará o rádio, touch screen, conexão Bluetooth e iPod.

O carro chegou às concessionárias em algumas versões com preços distintos, o mais barato deles será o modelo de entrada que sairá da concessionária por R$ 77.890,00. A versão completa do novo Fusca custa R$ 103.000,00; todas as venções desse novo modelo já estão disponíveis nas concessionárias da Volkswagen.

Novo Fusca azul.

Avaliação do novo Fusca Volkswagen

O evento de testes do novo Fusca em solo brasileiro teve a presença do antecessor o New Beetle, os dois foram colocados lado a lado para analisar as mudanças. Ao concluir a avaliação, percebe-se que o novo Fusca está mais rápido e com arrancadas velozes do que o seu antecessor.

Quem teve a oportunidade de conhecer o New Beetle pôde ver que esse carro da Volkswagen não tinha nada de esplendido no interior, tanto que a maior parte dos itens é de plástico incluindo o painel.

O espaço interno do novo Fusca é mais requintado do que o seu antecessor, pois possui um acabamento ousado em todos os detalhes, tanto os bancos quanto o painel e os acessórios que são todos revestidos de couro.

Interior do novo Fusca da Volkswagen

Ficha técnica do novo Fusca Volkswagen

O volante do novo Fusca da Volkswagen além de ter recebido mudanças em sua estética passou a ser multifuncional, a partir dessa versão terá o “shift-paddles” que permite trocas de marchas com apenas um toque no volante.

Por possuir sistema de turbo foram instalados três relógios no painel do novo Fusca, um para medir a temperatura do óleo, outro para medir a pressão do turbo e também um cronometro.

A Volkswagen lança o novo Fusca com um motor TSI com 200 cavalos de potência capaz de levar o veículo de 0 a 100 em poucos metros, é constituído de freios ABS, controle de tração e estabilidade, além do ASR, ESP e XDS feitos para diminuir a perda de controle do veículo em frenagens.

Traseira novo Fusca branco

Todas as mudanças trouxeram ao novo Fusca uma nova experiência em seu modo de condução, e com todos os preços disponíveis ficou mais agradável adquirir esse veículo da Volkswagen, segundo os consumidores.

E para mais informações sobre o novo Fusca da Volkswagen assista ao vídeo abaixo:

Volvo S60 3.0 T6 2014

Volvo S60 T6 vermelho

A maior parte das pessoas conhece a Volvo por ser uma das maiores fabricantes de caminhões de todo o mundo, o que poucos têm conhecimento é que a marca também produz veículos, os quais são bem aceitos no mercado. No Brasil há quatro modelos dessa montadora sendo vendidos e cada um possui suas próprias características, assim concorrem em categorias diferentes.

O único sedã da família Volvo é considerado um dos mais completos em sua categoria, surpreendendo muitos consumidores com todos os seus itens, design e potência do motor.

Agora o S60 3.0 T6 está renovado no modelo 2014, a começar pelos acessórios que podem ser introduzidos, como as telas de DVD que são colocadas na parte de trás dos bancos do motorista e do acompanhante. Para saber as novidades desse sedã da Volvo leia os tópicos abaixo.

Volvo S60 3.0 T6 preço Brasil

S60 3.0 T6 foi a principal atração da marca no ano de 2010 quando participou do salão do automóvel de São Paulo, mas esse sedã só chegou ao Brasil em 2011 e apenas no modelo 2014 esse carro da Volvo recebeu modificações.

No modelo 2014 do S60 3.0 T6 não faltará equipamentos de segurança que envolve tanto o interior como também o exterior, para chegar a isso foi necessário muito investimento da Volvo que oferece agora um ótimo veículo aos consumidores brasileiros.

Por ter tantos itens instalados o S60 3.0 T6 não poderia ser vendido por menos de R$ 169.900,00 que será o valor cobrado nas concessionárias, qualquer interessado poderá fazer um teste drive para conhecer pessoalmente o que o veículo da Volvo oferece aos seus consumidores.

Traseira do S60

Volvo S60 3.0 T6 ficha técnica

A versão de 2014 do S60 T6 tem um motor 3.0 de seis cilindros em linha com comando de válvulas, sistema de alimentação feito por injeção direta de gasolina e turbo. O carro da Volvo gera até 304 cavalos de potência e o torque é de 44,9 kgfm, tudo é alcançado junto ao seu câmbio automático de seis marchas que permite trocas suaves.

Para a segurança foi instalado o sistema dianteiro que detecta pedestres e pode frear automaticamente para evitar um atropelamento, também possui o detector de pontos cegos com câmeras na dianteira e traseira capazes de visualizar um campo de até 180º no S60 T6.

Quando o sedã da Volvo estiver em baixa velocidade o veículo possui o City Safety que evita colisões de baixa velocidade no trânsito, ou seja, se estiver dirigindo em a até 35 km/h o veículo é parado, evitando assim acidentes e proporcionando mais segurança.

Interior do S60

Volvo S60 3.0 T6 teste

Com todos os vincos e desvios de vento encontrados na lataria, a aerodinâmica do sedã ficará mais eficiente e o permanecerá à frente dos concorrentes no quesito estabilidade. Mesmo quando atingir a velocidade máxima o condutor não sentirá o S60 T6 tremular, ao contrário disso, a estabilidade é tanta que é preciso olhar para o painel e observar a velocidade em que está para não infligir às leis de trânsito.

Os bancos do S60 T6 são recobertos de couro, permitindo assim mais conforto a todos os passageiros, o comando de mídia no volante evita que o condutor desvie a atenção ao dirigir.

Volvo vermelho S60

O S60 T6 é um dos melhores sedãs comercializados no mercado nacional, para conhece-lo melhor vá até uma concessionária da Volvo e realize um test drive.

Assista ao vídeo abaixo e saiba mais sobre o Volvo S60 T6 no modelo 2014:

Volkswagen Touareg 4.2 FSI

Touareg branco da Volkswagen

Uma das coisas mais importantes para quem fabrica uma SUV é saber exatamente o que o público está buscando, é necessário construir um produto que leve o consumidor aproveitá-lo o máximo em qualquer tipo de terreno.

A Volkswagen compreendeu esse requisito e tem trabalhado muito em sua principal SUV para oferecer o melhor para os seus consumidores, e a Touareg já está no Brasil e disponível para compra.

O supercarro recebeu o nome de Tauareg e tem design reforçado, interior aconchegante, performance que poucos são capazes de imitar, tecnologia de última geração e segurança no interior e exterior. Conheça agora todos os principais detalhes dessa caminhonete, que irá surpreender o mercado nacional.

Preço do Volkswagen Touareg 4.2 FSI

Qualquer um que olhar para essa caminhonete vai se surpreender, principalmente pelos seus vincos que formam um design perfeito, os quais se iniciam na parte mais baixa do para-choque e vão até a parte traseira passando pelo capô e pelo teto.

As entradas de ar grandes e com grades espaçadas denunciam que possui um motor potente para ser refrigerado, assim chamando a atenção em qualquer lugar.

O Touareg 4.2 FSI foi feito em duas versões diferentes de motor TDI e cada um deles tem um preço, o primeiro com 6 válvulas é entregue por R$ 220.990,00 e o segundo com 8 válvulas pode ser adquirido pelo preço sugerido de 267.990,00.

Lateral doTouareg da Volkswagen

Consumo do Volkswagen Touareg 4.2 FSI

O Touareg 4.2 FSI da Volkswagen é uma SUV com uma boa aceleração, a qual consegue ir de 0 a 100 km/h em apenas 6,5 segundos, sua velocidade máxima limitada de fábrica é de 245 km/h e esses são números reais.

Esse carro da Volkswagen está entre os maiores e mais pesados da categoria e possui câmbio automático de 8 marchas, o maior problema desses números é que por ser pesada a Touareg consome alta quantidade de combustível.

Na cidade os números impressionam negativamente, porque o carro da Volkswagen faz apenas 4 km/litro e isso representa um valor muito baixo, pois nem um Camaro possui um consumo como esse. Na pista a diferença não é muito grande e os números aumentam para 7 km/litro se a viagem for a uma velocidade controlada, quanto maior a aceleração e peso no interior maior será o consumo do Touareg FSI.

Touareg preto da Volkswagen.

Avaliação do Volkswagen Touareg 4.2 FSI

As duas versões disponíveis nas concessionárias da Volkswagen receberam muitos itens que passaram pelas mais rigorosas avaliações, em todas elas o Touareg 4.2 FSI foi aprovado e por isso é um orgulho para a Volkswagen. Podemos começar com os seus airbags distribuídos no interior, com esses itens o condutor e os passageiros inclusive os ocupantes dos bancos traseiros estão protegidos.

O interior é muito aconchegante e têm itens de tecnologia avançados, os bancos são feitos em couro, o volante possui diversos comandos que foram especialmente instalados para controlar o sistema de mídia.

Há também no carro da Volkswagen o detector de fadiga que serve para avisar o condutor quando ele deve parar para descansar, outro detector é o de pontos cegos que avisa quando um veículo está em um local onde o motorista não pode vê-lo.

Interior doTouareg

Tudo o que a Volkswagen dispõe de mais novo está instalado no Touareg 4.2 FSI, esse carro SUV é um dos mais completos do mundo e vale a pena conferir pessoalmente para fazer um teste drive e tirar suas próprias conclusões.

Para mais informações sobre o Touareg  4.2 FSI da Volkswagen assista ao vídeo abaixo:

Volkswagen Golf Highline VHT 1.6 2014

Golf 2014 Highline branco

O Golf teve apenas 3 gerações que foram oficialmente comercializadas no Brasil, o primeiro foi considerado um modelo de entrada, com o intuito de divulgar o nome do carro da Volksvagen.

Já a segunda geração do Golf chegou ao Brasil depois que as concessionárias atingiram a meta de vendas nacionais da primeira geração desse modelo, o qual teve uma boa aceitação pelos brasileiros.

Após a terceira geração muitas outras foram oferecidas aos consumidores europeus que já estavam na sexta geração do Golf, mas quando foi anunciada a sétima geração, a Volkswagen decidiu apresentar esse novo modelo aos sul-americanos. Então, confira nos tópicos abaixo informações sobre o Volkswagen 2014 Golf Highline VHT 1.6.

Preço do Volkswagen Golf Highline VHT 1.6 2014

Inúmeros itens foram instalados no interior do Golf Highline VHT 1.6, deixando o espaço interno ainda mais sofisticado e requintado no estilo da Volkswagen. Os controles de rádio e de todo o painel de mídia ficam acoplados ao volante e diretamente na tela, os vidros elétricos da frente e de trás são comandados apenas pelo condutor.

O porta-malas, tampa do combustível e capô do Highline VHT 2014 da Volkswagen serão abertos com um pequeno toque em seus respectivos botões, assim como também as funções do ar-condicionado.

Traseira do novo Golf vermelho.

Com todos esses itens o Golf Highline VHT varia de preço de acordo com a versão do pacote escolhida, o primeiro será o Elegance com o valor sugerido de R$ 79.990,00 quando automático. O segundo receberá o sobrenome de Exclusive e será vendido por R$ 89.990,00 na versão automática e o último e mais completo da linha Golf Highline da Volkswagen será o Premium com preço sugerido de R$ 99.990,00 quando automático.

Ficha técnica do Volkswagen Golf Highline VHT 1.6 2014

Para ser um sucesso como os antecessores no mercado brasileiro, o Golf Highline VHT da Volkswagen geração sete vai continuar com os mesmos itens de série que eram oferecidos anteriormente. Sendo assim contará com ar-condicionado digital-zone, freio ABS, vidros e travas elétricas, retrovisores elétricos. No carro da Volkswagen foram instalados sete airbags em seu interior, sendo dois na dianteira, dois nas laterais, os de cortina e o de joelho para o motorista.

O motor do esportivo VHT será 1.6 com injeção eletrônica multiponto, poderá gerar 104 cavalos de potência com torque máximo de 15,6 kgfm. Essa geração é composta por motor flex, sendo assim o seu consumo pode cair consideravelmente ao utilizar gasolina e etanol ao mesmo tempo.

Interior do novo Golf

Ainda o Golf Highline VHT 2014 não está disponível nas concessionárias brasileiras, mas os consumidores interessados em adquirir esse esportivo da Volkswagen é só direcionar-se a uma representante da montadora no território brasileiro e fazer uma encomenda, assim quando o veículo chegar ao Brasil o seu estará reservado.

Para mais informações sobre o Golf Highline VHT 2014 da Volkswagen assista ao vídeo abaixo:

Hyundai Tucson flex 2014

 

Dianteira Tucson preta

A Hyundai está crescendo cada vez mais no mercado mundial, sua chegada ao Brasil trouxe inovações em todos os seguimentos e a tendência é que aumente ainda mais sua frota com as novidades que já apontam para 2014.

O objetivo da Hyundai em curto prazo é possibilitar diversas opções aos consumidores, por isso até mesmo os veículos atuais serão renovados.

A Tucson da Hyundai é uma das SUVs mais comercializada no Brasil, agradando muitos consumidores brasileiros, e por isso receberá uma nova geração em 2014. Apesar de já revelada na China, os brasileiros terão que esperar os meses finais de 2013 para conhecê-la e também já será possível fazer reservas desse modelo nas concessionárias da Hyundai.

Características da Hyundai Tucson flex 2014

A principal aposta da Hyundai continuará sendo o conforto e o luxo oferecido aos consumidores, como por exemplo, o painel clássico com relógios analógicos será mantido e tanto volante quanto os bancos serão revestidos de couro.

Ainda no interior, o painel de mídia terá um monitor LCD com informações do veículo, GPS, entrada USB e acesso Bluetooth, mas terá de ser comandado apenas na tela sem a opção dos botões instalados no volante.

Apesar do luxo e conforto que serão encontrados na Tucson flex 2014, seu consumo de combustível vai continuar com a média anterior de 10,2 km/litro. Os usuários que aceleram mais terão gastos maiores, o lado bom é que o motor flex permite o uso de gasolina e etanol.

Interior Tucson

Preço da Hyundai Tucson flex 2014

Como poucas informações oficiais foram reveladas pela Hyundai, não se sabe quantas versões serão lançadas da Tucson flex 2014, mas é possível dizer que haverá mais de uma como já ocorre com a geração atual. Cada modelo receberá itens diferentes que serão opcionais aos consumidores, com isso os valores de venda irão variar bastante.

O valor sugerido para o modelo mais básico da Tucson flex será de R$ 52.000,00 e a versão completa poderá custar R$ 64.400,00 nas diversas concessionárias da Hyundai, e esses preços são baseados em caso de fabricação no Brasil.

Em qualquer uma das versões não será cobrado frete, desta maneira independente de onde o consumidor more receberá o veículo sem pagar pela entrega em território nacional.

Tucson dianteira

Teste da Hyundai Tucson flex 2014

O maior concorrente da Tucson em vários mercados do mundo é o Chery Tiggo, por isso a Hyundai renovou o capô, para-choques e também a grade frontal da Tucson flex 2014, com o intuito de proporcionar uma melhor aerodinâmica. Além de melhorar o desempenho, esses detalhes renovados deixaram o veículo com visual refinado.

A versão Tucson flex 2014 apresentada na China possui um motor de quatro cilindros 2.0i 16V, com ele a SUV tem capacidade de gerar até 140 cavalos de potência acoplado ao sistema de transmissão que pode ser escolhido na versão manual ou automática.

O chassi da Tucson flex da Hyundai deverá ser montado sobre a mesma plataforma usada na geração atual, por isso pouco vai mudar com relação ao sistema de amortecimento, continuando confortável e espaçoso em seu interior.

Tucson

Como apenas a versão chinesa está disponível é provável que quando a Tucson flex da Hyundai 2014 desembarcar na América Latina sofra algumas mudanças, pois a maior dos veículos que vêm do exterior passa por essa adaptação.

Para mais informações sobre a nova Tucson da Hyundai assista ao vídeo abaixo.

Fiat Uno Furgão fire 2013

Traseira Uno Furgão

Quando chegou ao Brasil a Fiat trouxe muita inovação com os seus veículos, os primeiros modelos a serem comercializados já vieram com design moderno e motor econômico.

Depois de alguns anos a Fiat trouxe um veículo leve e com preços que o mantiveram sempre entre os mais vendidos, seu nome é Uno considerado um veículo de sucesso que continua nas concessionárias com duas gerações diferentes para os consumidores brasileiros.

O modelo mais requintado é conhecido como novo Uno, traz diversos itens de série e preço baixo perante os seus concorrentes. A geração anterior que tem preços reduzidos continua sendo vendido, principalmente porque a maior parte das empresas que necessitam de carros para os funcionários dão preferência à Fiat e ao Uno Furgão.

Preço Fiat Uno Furgão 1.3 fire

O carro da Fiat Uno Furgão fire é pequeno, rápido e fácil de usar principalmente na prestação de serviços em trechos urbanos. Diferente dos veículos comuns esse carro possui um porta-malas feito com um assoalho inteiriço, nele é fácil de fazer adaptações para levar os seus pertences sem dificuldades.

A Fiat fez a grade de proteção e até mesmo o estepe fica dentro do cofre do motor para não oferecer riscos ao motorista, pois em alguns modelos concorrentes da categoria não possui grade de proteção separando a cabine do motorista do furgão.

Apesar de simples, leve e pequeno o Uno Furgão 1.3 fire é comercializado nas concessionárias da Fiat pelo preço de R$ 25.510,00.

Uno dianteira

Fiat Uno Furgão fire ficha técnica

O motor do Uno Furgão é um 1.3 fire com quatro cilindros em linha, fica posicionado de forma transversal anterior e possui taxa de compressão de 11,0: 1, são 2 válvulas por cilindro e o eixo de comando fica no cabeçote.

Com suas 1.242 cilindradas é capaz de gerar 70,0 cavalos de potência utilizando gasolina e 71,0 com o etanol. O toque máximo é de 11,4 com gasolina e 11,6 com etanol, em ambos os combustíveis é atingido quando em rotação de 2.500 rpm.

As rodas do Uno da Fiat são de ferro, as entradas de ar são pequenas e o Furgão 1.3 Fire não possui ar-condicionado no interior, mas todos esses itens podem ser acrescentados comprando em uma loja de peças. Os vidros traseiros são brancos e escondem o material que está sendo transportado.

Espaço uno Furgão

Fiat Uno Furgão fire consumo

Apesar de ter um motor forte o Uno Furgão 1.3 fire se destaca em seu conjunto pelas baixas rotações que ajudam a poupar combustível, a média de consumo é de 14,1 km/litro dentro da cidade. Um ponto positivo sobre consumo desse veículo é injeção eletrônica, pois é uma das mais eficientes da atualidade.

Uno interior

Dos acessórios disponíveis para o Uno Furgão fire da Fiat são os kits de aerofólio traseiro, chave anti-furto, antena, alerta de velocidade, autofalantes e outros itens que servirão para melhorar o desempenho geral e estético do Uno Furgão 1.3 fire.

E caso você esteja procurando um carro da Fiat que possua um furgão maior, assista ao vídeo abaixo apresentando o novo modelo Fiorino Furgão dessa montadora, confira:

Mitsubishi Lancer Evolution X

Dianteira Lancer

O Lancer Evolution X já é considerado um mito pela Mitsubishi, esteve presente em filmes, jogos e comerciais por todo o mundo. Recebe inovações constantemente e quem deseja adquirir um carro esportivo e ao mesmo tempo de luxo pode encontrar tudo isso nele.

Com um design inovador e único é facilmente reconhecido em qualquer lugar, fabricado apenas nas cores preto, branco, cinza, vermelho e azul, o Lancer Evolution X está à venda em todas as concessionárias da Mitsubishi no Brasil, e para mais informações sobre esse grande esportivo, leia os tópicos abaixo.

Mitsubishi Lancer Evolution X preço

A Mitsubishi ficou orgulhosa depois do lançamento do Lancer Evolution X, o motivo é que poucos imaginavam que era possível melhorar ainda mais o propulsor 4D63. A primeira versão desse modelo esportivo da Mitsubishi era constituído de 4 cilindros que apresentava boa performance nas ruas e também nas provas de rali.

A atual versão do Lancer Evolution X está mais leve com praticamente tudo de alumínio, resultando em melhor estabilidade e mais velocidade.

Os consumidores interessados em adquirir o esportivo da Mitsubishi devem pagar o valor de R$ 213.990,00 na versão 2012 modelo 2013, independente de qual o estado você more não é necessário incluir o frete que fica a cargo da concessionária.

Lancer Evolution

Mitsubishi Lancer Evolution X ficha técnica

O motor do Lancer Evolution X é de 2.0 de 4 cilindros que fornece 295 cavalos de potência e 30,6 kgfm de torque. A suspensão foi melhorada em 40% se comparada com a rigidez do antigo modelo, isso permite que o motor supere as expectativas e que tremule muito menos, mesmo quando o esportivo da Mitsubishi alcance a velocidade máxima.

O câmbio é automático de seis marchas, com o acréscimo de duas embreagens que tornam as trocas mais rápidas, tudo é feito na rotação correta evitando o consumo exagerado de combustível, algo normal nos veículos esportivos.

Os modos de pilotagem do Lancer Evolution X podem ser escolhidos diretamente no volante que foi feito com revestimento em couro, para completar, os bancos fabricados pela Recaro permitem conforto e segurança adequado com os cintos de quatro pontas, o qual é exigido pela Mitsubishi.

Motor Lancer

Mitsubishi Lancer Evolution X acessórios

Por ser uma marca que produz apenas carros de luxo é difícil encontrar acessórios que se encaixem no Lancer Evolution X, o que se pode fazer é incrementa-lo de acordo com o que o condutor goste e o com os acessórios disponíveis no mercado. Um bom exemplo é trocar as rodas por modelos atuais que são vendidos em lojas especializadas, é possível escolher modelos de tamanho 17 até os maiores de 20 polegadas.

Quem quiser incrementar o motor pode usar o óxido nitroso, para incrementar o esportivo da Mitsubishi e fornecer potência extra ao motor, é preciso cuidado ao usar esse material, pois pode superaquecer e fundir o motor do Lancer Evolution X.

Interior Lancer

Mesmo depois de 40 anos no mercado o Lancer Evolution X ainda continua como um dos carros esportivos mais importantes da família Mitsubishi, e também é o mais vendido entre eles. Para mais informações sobre esse esportivo assista ao vídeo abaixo.

Citroën C3 preço 2013

Citroën C3 cinza

Depois de nove anos e aproximadamente 240 mil unidades fabricadas no Brasil, a geração de sucesso do Citroën C3 foi modificada e chega a 2013 com nova aparência, equipamentos inéditos e um preço diferenciado.

Nem todas as versões apresentadas contam com as novidades, mas o que se sabe é que todos terão airbags e ABS como itens de série e a marca Citroën oferecerá pouca diferença no preço final.

O fator principal que pesou nas mudanças estéticas do C3 2013 é que a Citroën gostaria de dar traços masculinos ao veículo, uma vez que a versão anterior esteve entre os automóveis mais vendidos para as mulheres e pouco adquirido por homens.

Citroën C3 preço de tabela

As mudanças do modelo 2013 do C3 são vistas na entrada de ar dianteira que está posicionada no para-choque, no logo da marca que acompanha todo o aro e no cromo, é visto também nas maçanetas e nos retrovisores.

Há três versões do C3 2013 disponíveis no mercado nacional, o primeiro é o Origine 1.5 8V que é um modelo de entrada com um preço mais inferior e veio para avaliar se as mudanças seriam aprovadas no mercado nacional, seu preço é de R$ 39.990,00.

A segunda versão do C3 2013 é a Tendance de 1.5 8V que é comercializado pelo preço de R$ 43.990,00, pois possui mais itens luxuosos, como o rádio, MP3, entrada USB, vidros, travas e maçanetas elétricas da cor da carroceria. O completo C3 2013 é o Exclusive 1.6 16V vendido pelo preço de R$ 53.990,00, o carro da Citroën traz todos os acessórios tanto da primeira como também da segunda versão mais o câmbio automático com trocas na borboleta atrás do volante.

Lateral C3

Citroën C3 2013 ficha técnica

Os motores dos modelos do Citroën C3 são similares a não ser pela diferença de consumo da primeira e segunda versão que são mais eficientes. O modelo Origine e a Tendance são acoplados a um câmbio manual de 5 marchas que gera 93 cavalos de potência a 5.500 rpm. O motor do Exclusive tem mais força e gera 122 cavalos a 5.800 rpm, o torque máximo será de 161 Nm a 4.000 rpm.

O estilo compacto das laterais foi abandonado e agora estão mais largas, proporcionando espaço de sobra no interior do C3, rodas novas e para-brisa panorâmico foram feitos para dar o design adequado ao carro da Citroën modelo 2013 .

No interior do C3 os bancos são de estofamento especial proporcionando conforto, a cobertura é feita com tecido e couro no acabamento que também recobre o painel, volante e as portas. São cinco entradas de ar no painel, comandos dos vidros nas portas e informações úteis no painel.

Interior C3

Citroën C3 2013 é bom?

Aqueles que tiveram a oportunidade de conduzir a geração anterior do C3 sentirão uma grande diferença com as mudanças realizadas no modelo 2013, além do espaço, ficou mais prático de conduzir o carro da Citroën, pois possui motor mais potente e câmbio automático.

As retomadas após uma curva são rápidas e com o acelerador acionado até a metade já é possível sentir a força, conclui-se que as mudanças refletirão na satisfação dos consumidores. O principal concorrente do C3 é o Peugeot 308 com motor similar, mas o carro da Citroën sai na frente pelos itens requintados do interior, e assim deverá liderar as vendas no mercado nacional.

Traseira Citroën C3

Todas as versões do C3 citadas acima com seus respectivos preços são adquiridas com o IPI baixo, também está incluso o frete e as despesas com a troca de óleo e as revisões de fábrica da Citroën.

Chevrolet Camaro 2013 preço

Camaro branco

A Chevrolet é uma montadora norte-americana que surgiu como a maior fabricante de caminhonetes do mundo, seus modelos ainda representam muitas das vendas no mercado, principalmente nos Estados Unidos.

A GM também se especializou na produção de veículos populares, período esse que a Chevrolet começou a importar todos os seus principais modelos para o Brasil.

Depois de atingir o sucesso, era hora da Chevrolet ter um veículo mais potente para concorrer com a Ford que havia lançado o Mustang na época, assim, surgiu a ideia de desenvolver o  Camaro em 1966, o qual tinha linhas bem elaboradas, motor potente e preço compatível com a categoria desejada pela GM.

Chevrolet Camaro 2013 ficha técnica

O modelo 2013 do Camaro é totalmente tecnológico, com motor mais potente e aparência robusta na dianteira e na traseira, disponibilizando assim um esportivo diferenciado no mercado.

O Camaro de acordo com o seu preço em 2013 possui um motor 6.2 V8 com 406 cavalos, são 6 marchas que conseguem produzir até 56,7 kgfm de torque, e os freios são a disco com sistema ABS.

Um dos pontos mais importantes do veículo é o seu design, pois o Camaro 2013 foi projetado para oferecer conforto, qualidade, segurança e agilidade aos seus consumidores. As entradas de ar tanto no capô como também na grade frontal do esportivo da Chevrolet foram projetadas para resfriar o motor da maneira correta. Os demais vincos ajudam na aerodinâmica, os quais evitam que o Camaro tremule em alta velocidade.

Lateral do Camaro

Chevrolet Camaro 2013 interior

Todos os objetos do interior do Camaro 2013 foram pensados para quem deseja ter prazer ao dirigir, assim que alguém entra no esportivo percebe que além do banco se encaixar no corpo o interior também é repleto de sofisticação e tecnologia, proporcionando conforto de uma maneira que poucos veículos oferecem.

O acabamento interno do Camaro 2013 de acordo com o seu preço é de couro, revestindo assim todos os bancos, portas, o painel e até mesmo o volante do esportivo da Chevrolet.

O painel multimídia toca a rádio AM/FM, CD, possui entrada para USB, Bluetooth e o som é estéreo, através dos alto-falantes Boston Acoustics especialmente desenvolvidos para o Camaro 2013.

Interior do Camaro

Chevrolet Camaro 2013 Brasil

Apesar do modelo 2014 estar disponível apenas nos Estados Unidos, a versão do Camaro 2013 ainda continua em comercialização nas concessionárias em todo o Brasil, por um preço diferenciado.

Por ser um veículo esportivo com mais de 2 lugares, o carro da Chevrolet 2013 possui seis airbags, todos  distribuídos no interior do carro da Chevrolet, acionados automaticamente quando ocorrem choques frontais.

O preço do esportivo da Chevrolet 2013 é de R$ 202.000,00, valor esse para os modelos mais básicos, pois quando mais acessórios mais elevado será o preço do carro da GM. Os brasileiros interessados em adquirir o Camaro 2013 podem ir até uma concessionária e realizar um teste drive, para conhecer melhor o esportivo.

Traseira do camaro

Apesar de perder para o Mustang no ranking de vendas, o Camaro modelo 2013 com o seu preço é uma versão esportiva desejada em todo o Brasil e com a geração 2014 promete conquistar ainda mais os seus consumidores com as melhorias trazidas.

No vídeo abaixo você confere um teste do Chevrolet Camaro:

Chevrolet Captiva 2013 preço

Captiva preta

Depois de renovar toda a sua frota de veículos nos últimos anos, a Chevrolet chegou aonde queria e está crescendo em vendas a cada mês, mostrando que o trabalho deu resultado. Em praticamente todas as categorias possui veículos que concorrem lado a lado com os mais populares, e a melhor parte é que a durabilidade dos seus carros é conhecida em todo o mundo.

Um dos destaques é a SUV Captiva, que tem motor forte e itens de série que a transformam em uma das mais cobiçadas na categoria. Pode ser usada para rodar nas cidades, rodovias e em qualquer estrada de terra afinal a performance não deixa a desejar em nenhum dos locais.

Chevrolet Captiva 2013 consumo

O design foi bem trabalhado do começo ao fim nessa caminhonete, ela ficou esportiva e já vem com rodas de alumínio aro 17. Aqueles que optarem pela versão AWD terão a oportunidade de conhecer o modelo de rodas 18, elas dão mais precisão para manter a Captiva com boa aerodinâmica e sem balançar excessivamente.

Para muitos o único ponto que deixa a desejar nessa SUV é o seu consumo de combustível que é mais alto do que era esperado. Ela consegue fazer 6,0 km/litro na cidade e 9,5 km/litro na pista. Ambos os números foram somados com o ar-condicionado ligado, ou seja, aqueles que gostam de rodar sempre com vidros fechados vão ter pouca economia de combustível por causa do sistema.

Captiva lateral

Chevrolet Captiva 2013 ficha técnica

A versão de entrada conta com o motor de 4 cilindros 2.4 capaz de gerar até 184 cavalos de potência em qualquer situação. Quem quer ir além pode optar pelo motor V6 AWD de 6 cilindros 3.0 que atinge a marca dos 268 cavalos de potência. Ambos receberam a injeção eletrônica direta, ela libera a quantia certa de combustível para dar força ao motor em rotações baixas e altas.

A prevenção de acidentes conta com freios ABS nas rodas dianteira e traseira, são importantes para evitar colisões. Caso ela ocorra, o airbag entra em ação e são seis deles espalhados pelo interior, dois ficam no painel para o condutor e passageiro, os demais ficam nas fileiras laterais com airbags de cortina. As crianças são protegidas com sistemas de trava nas portas e nos vidros traseiros, as cadeirinhas têm espaço privilegiado com as ancoras inferiores onde são conectadas facilmente.

Interior Captiva

Chevrolet Captiva 2013 preço no Brasil

Os que gostam de conforto verão um interior todo feito em couro incluindo volante e detalhes no painel, além disso, regalias como apoio de braço, porta-copos, porta-objetos e sistema de som controlado no volante farão parte de seu luxo. Em questão de tecnologia terá câmera de visão traseira, sensor traseiro de estacionamento, entrada USB e leitor Bluetooth no sistema de som.

Os brasileiros encontrarão essa SUV disponível nas cores branco ice, preto carbon flash e vermelho crystal claret que são tendências para os próximos lançamentos da marca. Apesar de esportiva foi feita para família tanto que o espaço de 383 litros no porta-malas destaca bem isso, sendo assim comprar um carro com tantos pontos positivos requer desembolsar R$ 92.990,00 que é o valor sugerido pela Chevrolet.

Captiva traseira

Não há dúvidas de que a Captiva é uma das melhores caminhonetes disponíveis no mercado atualmente, pode ser testada em qualquer concessionária e os consumidores ficam à vontade para acelerar e analisar a potência.

Veja mais sobre o Chevrolet Captiva 2013 neste vídeo do Youtube:

Volkswagen Gol G4 preço

Gol G4 traseira

O Volkswagen Gol surgiu quando a empresa sentiu a necessidade de trazer um veículo que substituísse o Fusca naquela época, pois a concorrência criou modelos de veículos para atrapalhar os negócios da Volkswagen. A Fiat inovava com o 147 e a Chevrolet trazia o Chevette, assim a empresa alemã teve de agir às pressas para não perder a clientela e continuar como uma das preferidas no mundo.

E ao decorrer dos anos, a Volkswagen lançou muitos modelos cada um com um preço e desde que o Gol assumiu a liderança como o carro mais vendido do Brasil, nunca mais saiu dessa posição e atualmente lança a sua versão de geração seis.

Volkswagen Gol G4 consumo

Apesar da Volkswagen ter lançado várias gerações do Gol cada um com um preço, o modelo G4 ainda continua sendo muito procurado e vendido nas concessionárias do mercado nacional. Esse veículo popular de geração 4 foi um sucesso de comercialização no período de lançamento e por isso, ainda é uma opção com um preço acessível aos consumidores.

Algumas coisas foram modernizadas com o tempo no Gol G4 para que continuasse agradando os consumidores, como por exemplo, o funcionamento do motor para entrar nos padrões da Volkswagen e o preço.

As mudanças feitas no motor permitiram que o Gol G4 aumentasse os níveis de economia de combustível, por isso com gasolina a média de gasto é de 17,3 km/litro e com etanol o consumo é de 12 km/litro. Os números podem ser conferidos no painel de instrumentos com indicador gráfico que é digital e informa com precisão a média de consumo.

Interior Gol G4

Volkswagen Gol G4 ficha técnica

Investir um preço no Gol G4 significa ter um carro com motor de 999 cm³ que gera 68 cavalos com gasolina e 71 cavalos com etanol, o torque chega a máxima de 9,7 kgfm a 4.250 rpm. Todo o conjunto permite que o carro da Volkswagen faça de 0 a 100 km/h em apenas 12,2 segundos, a velocidade máxima é de 168 km/h com gasolina e 170 km/h quando abastecido com etanol.

O Gol G4 é vendido por um preço acessível com a direção mecânica e hidráulica no caso do modelo de quatro portas, o câmbio possui 5 velocidades e continua sendo um dos mais macios da categoria.

Em questão de espaço, o carro popular da Volkswagen é bem aconchegante, podendo levar 5 passageiros em seu interior, 285 litros de carga no porta-malas e 55 litros de combustível em seu tanque.

Dianteira Gol G4

Acessórios Volkswagen Gol G4

Como já está no mercado há alguns anos por um preço acessível, o Gol G4 dispõe de diversos acessórios que são instalados tanto no interior como também no exterior, cada um deles tem a função de melhorar a aparência.

Por um preço acessível é possível encontrar anéis para as lanternas que são facilmente instalados, frisos cromados para o para-choque dianteiro e a grade frontal totalmente cromada.

Para o interior, o consumidor encontrará volantes, câmbios, pedais e relógios personalizados que foram desenvolvidos por fabricantes paralelos com preço diferenciado. Bancos de couro, travas, vidros e retrovisores elétricos e até mesmo um sistema de câmera de ré, itens esse que podem ser adquiridos em lojas de peças automotivas por um preço razoável em todos os estados brasileiros.

Grade cromada do Gol G4

Os anos passam e o Gol G4 continua como uma boa opção para os consumidores, além de ser um dos mais baratos da atualidade com preço a partir de R$ 25.420,00 e com toda qualidade Volkswagen.

Assista ao vídeo abaixo sobre o Gol G4 da Volkswagen:

Novo Ford KA 1.0 2014

Ford KA vermelho

O Ford KA atual está no mercado há alguns anos, apesar de ser um dos modelos mais promissores da marca, esse carro popular nunca despontou em sua categoria como o mais vendido no mercado nacional.

O carro KA concorre com o Gol, Palio, Uno, Fiesta, Celta e com os modelos novos que estão surgindo a cada semestre, por isso a marca já planejou as mudanças para a próxima geração do novo Ford 2014, com o intuito de conquistar mais consumidores.

Todas as modificações não estão apenas nos detalhes técnicos do Ford KA 2014, esse carro popular recebeu novo desenho e perdeu praticamente tudo o que tinha na geração atual. Com as inovações, a Ford sonha em aumentar os números de vendas do KA no mercado nacional e conquistar os consumidores com esse modelo popular de entrada.

Preço do Ford KA 1.0

As informações a respeito do Ford KA 2014 ainda são incertas, por consequência de que a marca não divulgou de forma oficial todas as características do novo modelo, mas já adiantou alguns componentes e também o seu visual e com isso, é possível tirar algumas conclusões a respeito dos principais pontos modificados em comparação ao anterior KA.

As mudanças no novo Ford foram muitas, mas isso não resultará em um valor exorbitante do modelo 1.0, o qual está previsto por um preço de R$ 26.990,00, bom para os consumidores, pois poderão adquirir um carro popular que possui mais tecnologia e qualidade por um valor parecido com o modelo anterior do KA.

Novo Ford KA prataPraticamente tudo o que foi acrescido no interior do carro da Ford e no motor não o torna mais caro, porque o novo modelo será construído na plataforma do Fiesta, medida essa que ajuda a economizar tempo na fabricação e custos.

Ford KA 1.0 ficha técnica

Segundo as informações, o novo motor 1.0 terá propulsor de três cilindros, algo inédito no modelo Ford KA fabricado no Brasil, o qual produzirá até 80 cavalos. A versão 1.5 terá o mesmo motor do New Fiesta com 111 cavalos a 5.500 rpm, e se abastecido com etanol pode gerar até 107 cavalos a 6.500 rpm.

Novo Ford KA amareloO padrão dos veículos da Ford também influenciou no design do novo KA, o qual apresenta uma entrada de ar maior na dianteira, que tem como objetivo resfriar o motor e os freios dianteiros que são a disco, e as rodas serão de liga.

Consumo do Ford KA 1.0

Equipamentos e acessórios vão fazer parte do interior do novo KA 1.0 2014, a Ford estuda colocar comandos centrais de mídia diretamente no volante para evitar distrações dos condutores. O painel deverá ficar mais baixo favorecendo o contato visual do condutor, já o acelerador, câmbio e embreagem estarão mais suaves no novo KA 1.0.

O novo veículo da Ford é flex, e se abastecido com gasolina faz uma média de consumo de 11,6 km/litro no perímetro urbano e em estrada o gasto é de 13,5 km/litro. Quem preferir usar o etanol que produz mais potência terá um consumo de 8,1 km/litro na cidade e 9,2 km/litro quando usado em estradas.

Interior do Ford KAAssim que o modelo 2014 do Ford KA 1.0 chegar o compacto atual deixará de ser produzido, para alguns vai deixar saudades enquanto que outros não veem a hora da chegada da novo modelo.

Mercedes-benz Classe A Hatchback 2014

Dianteira Classe A

A Mercedes-Benz é conhecida como uma das marcas mais luxuosas de carros do mercado mundial, todos os seus projetos são feitos com muito cuidado, com o intuito de levar exatamente o que o consumidor procura e deseja. Nenhum dos veículos fabricados pela marca é da categoria “popular”, afinal todos os carros são feitos para concorrer com as montadoras que produzem os mais requintados carros, como a BMW e a Audi.

Um dos carros que chegaram com nova aparência foi o Classe A Hatchback modelo 2014, e antes mesmo de ser lançado oficialmente pela Mercedes-Benz já estava disponível nas concessionárias. Era necessária a inovação no Classe A Hatchback, por causa de sua história que ficou manchada pela falta de segurança, manutenção cara e pelo fraco desempenho em vendas no Brasil.

Preço da Mercedes-Benz Classe A Hatcback

Como de costume, os veículos da Mercedes-Benz sempre recebem muita tecnologia no interior e também no exterior, com isso, os vincos no exterior do Classe A Hatchback permitem boa estabilidade e melhor aerodinâmica. As entradas de ar dão arrefecimento ao motor e freios, o teto rebaixado ajuda a ganhar velocidade mesmo de encontro com o vento.

O interior do carro da Mercedes-Benz é um dos mais belos e requintados da atualidade, os bancos são de couro, as saídas de ar possuem o logo da marca e a tecnologia multimídia possui conexão com smartphones, pen drives e aparelhos móveis que possuem bluetooth.

As concessionárias contam com o novo Classe A Hatchback pelo valor de R$ 109.900,00, os consumidores podem realizar teste drive para conhecê-lo melhor.

Traseira Classe A

Consumo da Mercedes-Benz Classe A Hatchback

O Classe A Hatchback é dotado do sistema de injeção direta de combustível que o torna mais econômico do que os seus concorrentes, o uso do Mercedes-Benz em trechos urbanos pode render até 12,2 km/litro, enquanto que nas rodovias o consumo é de 15.5 km/litro.

Tudo depende de como o proprietário conduz o veículo, se acelerar e mantiver a velocidade sempre acima dos 120 km/h os valores médios acima apresentados não serão válidos.

Esses números são suficientes para mostrar que o Classe A Hatchback está mais atraente e totalmente renovado, a única relação similar com o modelo anterior é apenas no nome do carro da Mercedes-Benz. Sendo assim os consumidores que ainda lembram-se do modelo de pouco sucesso, podem esquecê-lo e pensar no atual como totalmente novo.

Lateral Mercedes Classe A

Avaliação da Mercedes-Benz Classe A Hatchback

O principal concorrente da Mercedes-Benz Classe A Hatchback será o Audi A1 Sportback, o qual possui quatro portas é compacto e está bem ajustado ao mercado nacional, é potente e elegante. Para conseguir vencer a concorrente vai ser necessário que a Mercedes-Benz faça propagandas demonstrando o que o carro tem de melhor, afinal mesmo que ele não tenha nada da primeira versão é bom salientar isso aos consumidores.

Os testes demonstraram que o motor de 1.6 turbo do Classe A Hatchback causa pouco ruído interno graças ao bom isolamento acústico, a posição de condução é esportiva e fica rebaixada.

O para-brisa do carro da Mercedes-Benz é alongado e permite visão ampla de todo o percurso nas estradas e na cidade, pequenos detalhes como esse que podem ajudar o Classe A Hatchback a conquistar os consumidores no mercado.

Interior Classe A

Depois do fiasco com o primeiro modelo do Classe A Hatchback, a Mercedes-Benz deixou seu veículo pronto para agradar consumidores de todas as idades com o novo modelo 2014 que já foi lançado ao mercado.

No vídeo abaixo você confere mais informações sobre o Classe A Hatchback 2014 da Mercedes-Benz:

Toyota Etios hatch 1.5 2014

Malagrine

Há muito tempo a Toyota estudava a possibilidade de ter um compacto no Brasil que pudesse resultar num aumento de vendas, depois de muitos estudos e vários trabalhos realizados pelos engenheiros, a Toyota chegou a uma solução. E assim o Etios foi lançado para preencher a lacuna deixada por todos os modelos luxuosos da marca, que concorrerá com os populares do mercado.

Assim que apresentou o novo veículo no Japão, a Toyota dava sinais de que traria o Etios para o mercado brasileiro com preços competitivos, apesar de ser simples perto dos outros modelos da marca, o Etios Hatch têm muitos itens de série garantindo prestígio.

Caso você ainda não conheça o novo compacto 2014 da Toyota, confira nos tópicos abaixo informações sobre o preço, avaliação e também várias fotos do Etios Hatch 1.5.

Preço do Toyota Etios hatch 1.5

Etios rodando

Para competir no mercado nacional não basta ter apenas uma boa aparência é preciso oferecer preços e condições que conquistem os consumidores, e o Etios Hatch chega aos brasileiros com cinco modelos diferentes em valores competitivos.

O modelo básico do Etios Hatch é o 1.3 que custa em média R$ 29.190,00. O exemplar intermediário do carro popular da Toyota é o 1.3 X com ar-condicionado pelo valor de R$ 35.190,00. E o modelo completo do Etios Hatch é o 1.5 XLS que tem preço sugerido de 41.490,00.

Todos os valores estão disponíveis na tabela de preços da Toyota no site, em todas as cotações do Etios Hatch está incluso o frete sobre os valores calculados tendo como base a cidade de São Paulo. As demais regiões podem sofrer alterações nos valores e também poderá ser cobrado o frete, principalmente se não houver concessionárias próximas à residência do comprador.

Avaliação do Toyota Etios hatch 1.5

Interior

A Toyota realizou testes com o Etios Hatch e conseguiu chegar a conclusão de que o veículo é o modelo mais rápido de 0 a 100 km/h, se comparado com outros veículos da mesma categoria.

O motor 1.3 não é forte, mas tem mais capacidade do que qualquer 1.0 disponível atualmente em sua categoria. A versão 1.5 tem potência suficiente para disputar espaços na categoria até 1.8, além de possuir baixo consumo de combustível.

O único veículo que recebe motor acima de 1.0 e que tem preço menor do que o Etios é o Fiat Uno, que é vendido por R$ 29.990,00 com seu motor de 1.4 Economy. Apesar do bom preço, o carro da Fiat não concorrerá diretamente com o Etios em questão de potência, afinal sabemos que o Uno é um dos carros mais lentos entre os populares.

Fotos do Toyota Etios hatch 1.5 2014

Malagrine

A versão 1.5 Etios Hatch é a mais interessante entre todas, pois possui conforto inigualável em seu interior com bancos macios e cobertos com tecidos usados nos importados da Toyota.

O painel de controle é baixo e possui todas as informações necessárias ao alcance dos olhos do condutor, ficando ao lado do volante permitindo observá-lo com precisão, sem prejudicar o campo de visão do condutor.

Ainda o carro da Toyota possui um bom para-brisa melhorando a dirigibilidade, a melhor parte é que não há acréscimo algum no valor para contar com airbag, freios ABS, ar-condicionado ou qualquer outro item comprando um Etios Hatch 1.5 2014.

Com todas as vantagens oferecidas e com uma faixa de preço acessível, o Etios pode agradar pessoas de todas as idades por ser um hatch que vai além dos seus concorrentes na categoria

Chevrolet S10 2013 flex

Dianteira S10

A nova S10 passou por várias reformulações em relação ao modelo anterior, seu design ficou robusto e foi projetada para chegar o mais próximo possível das concorrentes no mercado nacional. Se antes a picape da Chevrolet já tinha luxo para agradar, agora está com diversos itens de conforto que são ideais para quem busca sofisticação em uma picape.

A combinação de renovações feitas na S10 se estende até as rodas, a versão LS possui modelo de 16 polegadas em aço, enquanto as versões LT e LTZ possuem rodas em alumínio tamanho 17.

Esses são alguns dos detalhes que a S10 2013 possui, mas ainda podemos descobrir muito mais analisando todos os seus itens nos tópicos abaixo.

Consumo da Chevrolet S10 flex

Se há algo que pode mexer com o consumo de uma picape é o seu motor e uma boa tração, o modelo flex possui a opção 4×2, que será acionada quando o condutor desejar ter mais força nas rodas.

A opção de tração “Limited Slip” tem a função de distribuir a potência perfeita para as rodas da S10 da Chevrolet. Por isso, mesmo quando estiver em um terreno de pouca aderência, não terá problemas quanto ao bom funcionamento da tração da S10 2013 flex.

Houve uma pequena evolução na Chevrolet S10 2013 quanto ao seu consumo, mesmo com os itens de tração citados. Na cidade a picape flex 2013 da Chevrolet faz a média de 5,1 km/litro e na estrada pode chegar a 7,9 km/litro, ultrapassando os números da geração anterior em até 1 km/litro.

Traseira da S10

 

Preço da Chevrolet S10 flex

A tecnologia está presente em muitas partes dessa picape flex 2013, a começar pelo sistema de mídia, que traz comodidade e segurança ao condutor, pois o sistema de som é controlado através dos comandos no volante, além desse detalhe ainda têm as entradas auxiliares e mini USB que permitem a inserção de celulares, iPod ou outros aparelhos móveis.

Ainda a picape da Chevrolet possui lanternas para uso diurno e em neblinas desenvolvidas com tecnologia.

Para adquirir a nova S10 flex da Chevrolet requer um investimento de R$ 67.600,00 no Brasil, mas os valores podem aumentar no caso da versão abastecida a diesel que possui tração 4×4. O valor da S10 é considerado justo se comparado com a principal concorrente Hilux, que é comercializada por mais de 100.000,00 reais no mercado nacional.

Lanterna S10

Avaliação da Chevrolet S10 flex

O lado aventureiro dessa picape fica por conta de seu motor que pode ser adquirido em duas opções, a versão flex é conhecida como Flexpower 2.4 L com 147 cavalos e 47,9 kgfm de torque; ao a diesel.

O motor flex é considerado um dos maiores da categoria que terá a concorrência da Ford Ranger e da Toyota Hilux, as duas com itens de série similares.

A segurança é um ponto fundamental, e a S10 da Chevrolet é composta por freios a disco, que estão instalados nas quatro rodas e com o sistema ABS, ainda a picape flex 2013 é incrementada com os airbags dianteiros, um disponível para o condutor e outro para o passageiro, garantindo assim mais segurança aos consumidores.

Interior S10

A concorrência é grande, mas a S10 tem pouca rejeição pós-venda e consegue conquistar os consumidores assim que fazem um teste drive, por isso quem estiver interessado pode ir às concessionárias e conhecer uma das três versões da S10 2013 da Chevrolet.

E para mais informações sobre a S10 2013 flex da Chevrolet assista ao vídeo do Youtube:

Aston Martin Vantage V8

Dianteira Vantage

O Aston Martin Vantage V8 representa tudo que há de mais moderno e confortável em carros de última geração lançados no mercado, todos os seus itens são feitos para oferecer o máximo de comodidade e tecnologia para encantar os proprietários do Vantage V8. Há muita beleza tanto nos vincos, frisos metálicos como também em todo o interior aconchegante e luxuoso do Vantage V8, feito para agradar até os consumidores mais exigentes da marca Aston Martin.

O modelo já é vendido no Brasil e não foi poupado de receber inovações e tecnologias que o deixaram ainda mais atraente, tanto é que segundo uma pesquisa os consumidores preferem colecionar um Vantage V8 para aprecia-lo, do que rodar com um clássico Aston Martin pelas ruas.

Aston Martin Vantage V8 preço

Os carros Aston Martin ficaram famosos depois de aparecerem nos filmes do 007, em que o ilustre personagem James Bond utiliza vários modelos dessa marca para perseguir os seus principais inimigos nos filmes.

O Vantage V8 combina perfeitamente com o protagonista do filme 007, pois ambos são dotados de elegância, luxo e força. Com essa referência, os colecionadores, fãs do 007 e apreciadores de carros esportivos são atraídos pela beleza do Vantage V8.

A maior parte das vendas do Vantage V8 ocorrem nos Estados Unidos, pelo valor de US$ 122.320,00, em outros países o preço do Aston Martin varia de acordo com os impostos estabelecidos. Muitos consumidores acham o valor do Vantage V8 justo, pois ele é produzido com muita tecnologia e com toda qualidade Aston Martin.

Lateral

Aston Martin Vantage V8 ficha técnica

No Vantage V8 não faltam opções para os consumidores se sentirem a vontade, primeiramente pelo seu motor com 426 cavalos de potência com 7.300 rpm, proporcionando ainda um torque de 48 kgfm. O esportivo Aston Martin alcança de 0 a 100 km/h em apenas 4,9 segundos na arrancada, enquanto que a velocidade máxima limitada de fabrica é de 300 km/h.

O Vantage V8 é um conversível que pode levantar ou abaixar sua capota em pouco tempo, além disso, tem um dos maiores porta-malas de sua categoria, lembrando até um modelo sedã.

As rodas largas do conversível Aston Martin ajudam a manter a estabilidade no veículo, o para-brisa é deitado para trás, com o intuito de ajudar na aerodinâmica tanto com a capota levantada ou abaixada. As entradas de ar do Vantage V8 auxiliam a resfriar o motor e também os freios que recebem a tecnologia ABS.

Portas abertas Vantage

Aston Martin Vantage V8 preço Brasil

Os apaixonados pela Aston Martin ficarão satisfeitos ao saber que o Vantage V8 possui um interior todo feito à mão, aumentando o requinte e a singularidade como esse conversível foi desenvolvido e montado para os seus clientes.

O Aston Martin Vantage V8 é um carro privativo, com isso o seu valor para os brasileiros também é exclusivo, e de acordo com a cotação atual do dólar, o conversível custa cerca de R$700.000,00 para os brasileiros.

Interior Vantage

O Vantage V8 aproxima-se da perfeição, mas a Aston Martin ainda tem possibilidades de melhorá-lo e essas melhoras podem acontecer nos próximos anos. Em 2015 é certo que tanto o interior como o exterior vão ser repaginados para poder acompanhar a evolução do mercado.

Assista ao vídeo do Youtube sobre o Vantage V8 da Aston Martin:

Preço do Ferrari Califórnia 2013

Dianteira da Ferrari Califórnia

A Ferrari é uma das marcas mais cobiçadas e requintadas do mundo, a qual faz projetos cada vez mais modernos e dá prioridade no desenvolvimento tanto do interior como também no design e o motor de seus veículos. Os modelos antigos da Ferrari valem uma boa quantia em dinheiro, afinal é uma das raras empresas que os carros produzidos perdem pouco de seu preço com o passar dos anos.

Dentre todos os modelos Gran Turismo da marca, a Ferrari Califórnia é a primeira a utilizar um motor na parte dianteira com oito cilindros. Feita exclusivamente para quem busca esportividade, luxo, prazer ao dirigir e versatilidade em qualquer tipo de terreno.

Ficha técnica da Ferrari Califórnia 2013

Um dos detalhes que mais chamam a atenção na Ferrari Califórnia é a capota que recebeu um compartimento especial dentro do porta-malas, assim que acionada, a tampa traseira se abre e o teto começa a subir para fechar e acomodar os passageiros. O câmbio possui tecnologia retirada especialmente dos carros de Fórmula 1, com sete velocidades automáticas e a opção manual que tem seis velocidades.

O motor da Ferrari Califórnia 2013 é um V8-90° 4.3 com injeção direta de combustível, o qual gera até 483 cavalos de potência, valor que aumentou em 30 cv perante a antecessora dessa linha. Os freios são ABS Brembo para garantir a segurança dos passageiros, a Ferrari ainda utilizou alumínio em praticamente metade da carroceria da Califórnia 2013, deixando-a mais leve em relação as suas antecessoras. A Califórnia consegue fazer de 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos, mantendo assim, a fama da Ferrari em ter os veículos mais rápidos da história.

Traseira Ferrari Califórnia

Preço no Brasil da Ferrari Califórnia 2013

O importador conhecido como Grupo Via Itália, normalmente traz a Ferrari Califórnia por um preço variante através de encomendas e os interessados precisam entrar em contato com a empresa. Os valores cobrados para a importação do carro variam muito de acordo com a cotação atual do dólar, portanto o preço cobrado com a cotação deste mês pode variar nos meses seguintes dependendo de como está à bolsa de valores.

Depois de confirmado a disponibilidade da Ferrari Califórnia em praticamente todas as capitais do mundo através das importadoras, o veículo passou a ser analisado atentamente pelos consumidores interessados. Aqui no Brasil, quem estiver pensando em adquirir uma Ferrari Califórnia 2013 terá de pagar um preço superior a R$ 400.000,00 reais, esse é o preço sem os impostos que são cobrados em diferentes partes do país.

Interior Ferrari Califórnia

Ao adquirir essa máquina por um preço não acessível terá a oportunidade de atingir os 320 km/h, velocidade essa que é limitada de fabrica, com um interior luxuoso todo recoberto com couro original nas cores preto, cinza e bege. Nas próximas gerações a Ferrari Califórnia poderá mudar com certeza, afinal a Ferrari é uma empresa que vive se renovando, com o intuito de oferecer o melhor para os seus consumidores.

Preço do Novo Chevrolet Celta 2014

Celta

Após a chegada do novo Prisma ao mercado nacional muitos esperavam que o Celta recebesse as mesmas características do sedã, afinal, o popular da Chevrolet foi o primeiro a aparecer e merecia ser restaurado. Diferentemente do que se esperava o Celta 2014 não passou por reformulações e permanecerá o mesmo por mais tempo, tudo será como no modelo 2013, salvo algumas exceções que receberam pequenas modificações para se adequar as características padronizadas da GM.

Apesar de pouco ter mudado ainda continuará como um carro competitivo no mercado com um preço acessível, lembrando que nessa categoria o Celta concorre com o Volkswagen Gol, Fiat Palio e Uno, Ford Fiesta e Toyota Etios.

Preço do novo Chevrolet Celta 2014 completo

No quesito peso e motor o Celta vai continuar o mesmo podendo ganhar velocidade acima da média entre os modelos 1.0, e em testes realizados concluiu-se que essa velocidade é suficiente para vencer alguns concorrentes da categoria. O consumidor terá a opção do modelo de duas portas ou de quatro portas, o qual é considerado o novo Celta completo, porém cada um possuirá um preço.

O modelo básico do novo Celta da Chevrolet possui um preço de R$ 25.390,00 e será acessível aos consumidores que desejam um carro sem luxo e apenas com preços baixos, já os consumidores que preferirem o modelo completo terão de desembolsar o preço de R$ 31.490,00.

Traseira

Novidades do novo Chevrolet Celta 2014

O novo Celta básico da Chevrolet com um preço mais inferior foi incrementado com aro cromado que foi instalado na entrada de ar que acompanha o símbolo da GM, essa é uma das características que se adéquam à nova Chevrolet. Já o modelo completo do Celta terá o acréscimo do sistema de airbag para o condutor e o passageiro e freios com sistema ABS instalados para garantir a segurança.

Os bancos do carro possuirão um novo revestimento de tecido, volante de três raios e porta-objetos e também porta-copos entre os bancos dianteiros do Celta novo da Chevrolet com preço acessível. O sistema de fiação de som virá instalado de fábrica pronto para o consumidor ligar o seu rádio, evitando que um instalador de som mexa nas partes do veículo para a instalação de algum item, fazendo com que as peças percam a garantia da Chevrolet.

Interior do Celta

Consumo do Novo Chevrolet Celta 2014

O motor Flex era algo que já ditava um novo ritmo para o Celta da Chevrolet, que com etanol pode gerar alguns cavalos a mais de potência em relação à gasolina, mas consequentemente queima mais combustível gerando assim um consumo maior. O consumo de etanol na cidade é aproximadamente de 7.2 km/litro e na pista é de 8,8 km/litro. Caso abastecido com gasolina a média de consumo sobe um pouco e na cidade se gasta 10,7 km/litro, na pista atinge a marca de 12,8 km/litro.

Toda a média de consumo foi baseada no carro seguindo os limites de velocidade padrão de ruas e de rodovias do país, mas esses números dependem da forma com que o condutor dirige o novo Celta 2014 da Chevrolet.

Motor do Celta

Conclui-se que o Celta 2014 da Chevrolet é um carro popular para quem busca um custo x ótimos benefícios, pois não possui luxo e nem câmbio automático como em alguns de seus concorrentes no mercado nacional. Apesar de ser simples, o preço é o seu ponto forte para conquistar os consumidores dessa categoria.

E assista ao vídeo do Youtube com informações sobre o novo Celta 2014 da Chevrolet:

Ford Ecosport 2014 automático

Ford Ecosport 2014 automático.

O EcoSport automático 2014 foi projetado para ser um dos carros mais bem equipados e completos entre os seus concorrentes no mercado nacional. Com as inovações no EcoSport, a Ford pretende consolidar-se em sua categoria como líder e enfrentará marcas de veículos de renome no mercado brasileiro, como o Kia Sportage, Renault Duster e outros dessa categoria.

O EcoSport 2014 tem como itens de série direção elétrica, porta luvas climatizado e ar condicionado digital. As versões 1.6 tem o motor Sigma Flex 16V, considerado pelo INMETRO como o mais econômico da categoria. Confira nos tópicos abaixo o preço, consumo e toda a ficha técnica do novo EcoSport 2014 automático da Ford.

Preço do Ford Ecosport 2014 automático

O EcoSport 2014 automático é considerado um utilitário esportivo da Ford, sendo constituído com muitos acessórios que visam oferecer conforto, sofisticação e segurança ao condutor e seus passageiros. A nova versão do EcoSport é incrementada com sistema HLA, Advanced Trac, sistema Sync com comandos de voz em português, partida sem chave, retrovisor eletrocrômico, rodas 16, sensores de faróis também de chuva.

O preço da versão completa do EcoSport 2014 automático é de R$ 70 mil, valor esse que pode sofrer variações, mas há outras versões do utilitário esportivo da Ford que possuem um preço mais em conta, por exemplo, a versão EcoSport S 1.6 com motor flex custa em torno de R$ 55 mil, o modelo SE 1.6 flex possui um valor de R$ 58 mil, a FSL 2.0 Flex pelo preço de R$ 64 mil e a SE 2.0L Powershift Flex pelo valor de R$ 65 mil.

Preço do Ford Ecosport 2014 automático.

Consumo do Ford Ecosport 2014 automático

Por esbanjar potência e sofisticação, até que o EcoSport 2014 Automático Titanium tem bons índices de consumo, dentro do perímetro urbano utilizando etanol, o utilitário esportivo da Ford fará em média 8 km/litro, já circulando na pista mantendo uma velocidade média o EcoSport terá um consumo aproximado de 10 km/litro.

O carro da Ford faz de 0 km a 100 km em apenas 10,2 segundos, segundo os testes realizados pela montadora, e precisa de 30,4 metros para parar completamente o EcoSport quando acionado os freios a uma velocidade de 80 km por hora.

Consumo do Ford Ecosport 2014 automático.

Ficha técnica do Ford Ecosport 2014 automático

O EcoSport automático 2014 é constituído com a mesma mecânica em todas as versões disponíveis pela Ford. O carro utilitário esportivo é composto de um motor 2.0 Duratec Flex que gera 146 cavalos, caixa de transmissão automática PowerShift, pneus radiais 205/65 R15 ou 205/60 R16, aros de titanium de 6×16 e suspensão dianteira independente, com braços inferiores e barra estabilizadora.

Para completar o EcoSport possui um conjunto de amortecedores hidráulicos pressurizados com molas de compensação de carga lateral, a suspensão traseira é semi-independente com eixo autoestabilizante e também com amortecedores hidráulicos pressurizados com batente de suspensão em Celasto e molas helicoidais. O porta-malas tem capacidade para 705 litros e o tanque de combustível comporta 52 litros.

Ficha técnica do Ford Ecosport 2014 automático.

O EcoSport automático 2014 está completamente diferente, oferecendo aos seus consumidores muito mais conforto, segurança e a renomada qualidade Ford, então visite uma concessionária e realize um Test Drive para conhecer todos os atributos  do novo utilitário esportivo da montadora.

Porsche Boxster S preço

Boxster dianteira

Há 17 anos quando o modelo Boxster do Porsche foi lançado recebeu muitas críticas, os mais puristas argumentavam que tinha recursos inferiores ao modelo 911 considerado completo, na verdade, a primeira geração Boxster não trazia quase nenhuma inovação com relação aos modelos já produzidos do Porsche. Mas com o novo Boxster S as expectativas dos consumidores foram superadas, pois a montadora alemã desenvolveu um carro conversível com inéditos e sofisticados recursos, oferecendo um veículo mais rápido, confortável e ainda com toda qualidade Porsche garantido de fábrica.

Uma das grandes inovações no Boxster S com relação aos seus modelos anteriores é o peso, pois a carroceria foi projetada para ser uma das mais leves da história Porsche constituída de alumínio.

Porsche Boxster S 2013 Brasil

Indo até uma concessionária Porsche brasileiras você verificará que o Boxster S 2013 está à venda por um preço tabelado e os consumidores interessados no novo modelo Porsche poderão adquirir mais informações específicas sobre o carro conversível, e ao mesmo tempo realizar um Test Drive.

O Boxster possui um preço no Brasil que varia de acordo com a cotação do dólar, mas o conversível é o mesmo disponível internacionalmente. As características do novo carro Porsche que mais chamam a atenção dos consumidores brasileiros é a potência do motor, o sofisticado interior, a moderna capota e o arrojado design.

Boxster traseira

Porsche Boxster S 2013 ficha técnica

O Boxster S é composto por rodas mais largas, porém com os pneus menores, proporcionando assim uma maior estabilidade em altas velocidades e em curvas. As entradas de ar na parte dianteira e traseira do novo modelo Porsche ajudam a resfriar o motor e também os freios a disco, melhorando o desempenho do motor e as frenagens bruscas realizadas pelo condutor.

O motor central do Boxster S gera 315 cavalos de potência a 6.700 rpm, com tudo isso, irá de 0 a 100 km/h em apenas 5,1 segundos, superando os limites dos modelos anteriores lançados. A aceleração máxima do carro Porsche é de 279 km/h, limitado de fábrica, com torque máximo de 360 Nm, possui tração traseira, câmbio manual de seis marchas e sete marchas o modelo PDK Boxster S.

Boxster interior

Porsche Boxster S preço

O interior do Boxster S será na cor vermelha ou em bege claro disponível no Brasil, mas o destaque fica para a cor vermelha que traz um ar de sofisticação ao cobrir os bancos, painel, volante e até o carpete do carro Porsche. Todo revestimento interno é em couro e camurça e o Boxster S virá com um painel multimídia, controles no volante e o câmbio manual ou automático.

O preço do Boxster S Porsche no Brasil é a partir de R$ 449.000,00, mas esse preço pode sofrer alterações com as mudanças no valor do dólar ou caso você deseje o modelo completo que possui um preço mais elevado.

Boxster S

O Boxster S sofreu grandes modificações ao decorrer dos anos com o intuito de oferecer um carro rápido e de muita qualidade aos seus consumidores, mas ainda esse modelo não é considerado o melhor carro já desenvolvido do Porsche e com relação aos seus concorrentes é visto como um dos melhores.

Assistindo ao vídeo do Youtube você confere mais informações sobre o carro Boxster S da Porsche:

Dodge Challenger SRT8

Dianteira Dodge Challenger

A Dodge é uma das marcas mais citadas atualmente em propagandas na televisão. é patrocinadora de marcas esportivas e outros eventos. A marca está cada vez mais forte por contar com veículos robustos que oferecem o melhor em desempenho, e atualmente seus veículos estão avançando cada vez mais em direção ao Brasil. A marca já revelou profundo interesse em ter concessionárias no país, para isso começaria nas maiores cidades como Rio de Janeiro e São Paulo.

A chegada ao mercado nacional faria com que a Dodge tivesse que disputar espaços com carros esportivos de luxo, entre eles o Chevrolet Camaro, Ford Mustang e o Corvette que são preferências nacionais nessa categoria. O que mais se aproxima momentaneamente deles é o Challenger SRT8, o qual tem muita potência.

Ficha técnica do Dodge Challenger SRT8

Com algumas reformulações a máquina vai desembarcar por aqui trazendo a renovação de suas linhas estruturais, as entradas de ar ficaram maiores no capô. Cada uma delas é direcionada para a parte do motor para ajudar na refrigeração. Sem dúvidas, esse fato ajuda e muito a fazer com que o carro possa atingir o máximo de sua potência. No interior, todas as informações necessárias ficam fáceis de serem localizadas no painel.

O porta-malas é digno de um sedã, possui espaço para abrigar até 460 litros de bagagens em seu interior e favorece os que gostam de pegar a estrada. O motor é um dos mais belos da categoria com potência de 470 cavalos de 6,7 litros, além disso, um novo sistema de pistões foi instalado e até quatro deles podem ser desligados. Quando isso acontecer poderá ter uma boa economia de combustível fazendo: 9,8 km/l na pista e 6 km/l na cidade.

Traseira do Dodge Challanger

Preço do Dodge Challenger SRT8 2013

O espaço interno ainda deixa a desejar quando mais de dois passageiros o ocupam, uma pessoa que possui mais de 1,75m de altura, por exemplo, não ficará muito bem acomodado no banco traseiro. Por outro lado o acabamento se sobressai, os bancos esportivos oferecem muito conforto por serem revestidos em couro e camurça. Os ajustes de distância, altura e apoio lombar do banco do motorista são feitos eletronicamente de acordo com sua vontade.

A missão do super carro é deixar para trás os seus maiores concorrentes, não apenas em potência, mas também nos valores de revenda. Por isso deverá custar R$ 190.000,00 de acordo com a cotação atual do dólar, e acredite, esse não é um valor caro por tudo o que ele tem a oferecer por dentro e por fora.

Interior Dodge Challenger

Dodge Challenger SRT 2013 conversível

Na versão conversível o carro não muda muito em questões estéticas. A diferença fica somente pelo teto que pode ser abaixado com apenas um toque no botão, posicionado no painel. Essa versão poderá não vir  ao Brasil e deverá continuar apenas no mercado americano, sendo assim, os interessados terão de fazer a importação e isso pode ficar muito caro.

Para ter um conversível na garagem o valor sem impostos pode ser de até R$ 250.000,00 reais, o custo sobe porque é comum em qualquer mercado do mundo que um conversível seja mais caro do que os modelos com tetos.

Dodge Challenger Conversível

Já comum no mercado americano, o Dodge Challenger SRT8 desembarcará no país para tentar conquistar os consumidores, mas isso terá de ser feito com muita calma já que o Camaro ainda é uma unanimidade por aqui.

Veja mais algumas características do Dodge Challenger SRT8 neste vídeo do Youtube:

Mais assuntos sobre a Dodge Challenger SRT8

Dodge Challenger SRT8

Mercedes Benz SLK 200

Dianteira

Quem procura diversão ao volante e tem boas economias guardadas, normalmente escolhe um conversível ou esportivo de dois lugares. Tanto os que desejam um motor potente como os que necessitam de um passeio prazeroso pelas estradas podem encontrar na Mercedes, uma das marcas especialistas em construir carros com essas características, o modelo SLK 200 que é adepto dessa filosofia e possui belas linhas criadas para impressionar.

O carro é considerado um dos que recebeu os melhores desenhos já feitos pela marca nos últimos anos. Desde que chegou em 2012 tomou frente na disputa por consumidores contra as concorrentes, e em pouco tempo já desfruta de boa procura.

Preço do Mercedes Benz SLK 200

O que mais chama a atenção nele é que lembra o McLaren pelos traços. A maior diferença entre eles fica no interior que possui itens adequados para não haver infiltração de água, caso a chuva seja repentina e pegue o condutor com o teto aberto no modelo conversível. Já o com teto fechado se parece muito com outros carros da marca, por isso as condições de conforto são muito atraentes.

Para poder usufruir de um carro como esse, o consumidor precisa pagar R$ 202.900,00 nas concessionárias, um valor que está muito acima das condições de muitas pessoas. Apesar disso, é possível conseguir encontrar boas condições de pagamento entrando em acordo com os concessionários, ainda mais que não é preciso importar o carro, que já estreou por aqui.

Com teto

Mercedes Benz SLK 200 conversível

A Mercedes costuma dizer que “o céu é testemunha do que o carro possui”, afinal o modelo conversível tem como principal objetivo oferecer visão panorâmica dele e de tudo o que está acima. O desenho desde a dianteira até chegar ao teto é feito para que o carro se aproveite dos ventos, com os vidros laterais levantados é possível se sentir como em um veículo fechado sem se incomodar.

Com apenas um toque no botão, o teto dá lugar ao céu, se for um dia lindo de sol a imagem que o motorista terá acima ao conduzir será espetacular. O condutor talvez não tenha oportunidade, o tempo todo, de apreciar os momentos, mas o passageiro com certeza vai se sentir bem a vontade quando estiver em um passeio no final de semana.

Interior

Ficha técnica do Mercedes Benz SLK 200

O carro infelizmente não é indicado para pessoas que tenham menos de 1,70 m de altura, afinal as configurações do interior são mais afastadas. O banco fica em uma posição que beneficia condutores mais altos. É complicado de se aproximar dos pedais com os ajustes disponíveis, ao menos foi essa a sensação que ficou no modelo testado no Brasil.

Quem comprar terá um motor de 184 cavalos de potência que são alcançados aos 5.250 rpm. Apesar desse fato, o torque de 27,53 kgfm é o que mais chama a atenção por se parecer com os modelos ainda mais caros da Mercedes. O câmbio representa bastante o motor quando a opção manual é escolhida, o automático deixa a desejar quando é para ter uma pegada esportiva.

Conversível

A soma de todos os detalhes mostra que o SLK 200 é um veículo que oferece qualidade para o consumidor. É diferente de todos os concorrentes por ter mais tecnologias e e ser produzido por uma das marcas mais importantes da história dos automóveis.

Veja mais algumas características da Mercedes Benz SLK 200 neste vídeo do Youtube:

Preço do Chevrolet Cruze Hatch

Chevrolet Cruze Sport6

Nos últimos anos a Chevrolet vem renovando os seus principais veículos no mercado mundial. Em 2012 foi apresentado o Chevrolet Cruze Hatch sedã que chegou como uma opção a mais para aqueles que buscam o luxo. O sucesso repentino do modelo fez com que a GM abrisse as portas para Chevrolet Cruze Hatch no Brasil, ele veio para substituir o Vectra GT e chegou às lojas na versão manual e automática.

Apesar de ser um desconhecido para muitos não demorou para cair nas graças dos consumidores. O teste drive fez com que as pessoas se apaixonassem por ele. Atualmente já vemos diversos Chevrolet Cruze Hatch rodando nas principais cidades brasileiras, e as vendas devem aumentar ainda mais.

Preço estimado do Chevrolet Cruze hatch

O motivo de boas vendas aparentemente é o seu valor. A maior parte das concessionárias da marca trabalha com os preços de R$ 62.990,00 para o LT 1.8 e R$ 77.990,00 para o LTZ 1.8. Normalmente ainda é oferecido o frete grátis, o carro poderá ser entregue diretamente na residência do comprador ou na concessionária mais próxima a ele.

A vontade da GM era de que o Chevrolet Cruze Hatch pudesse ser notado como um esportivo que serve para jovens. Para a alegria dos engenheiros da marca é exatamente assim que ele é visto e com sua aparência robusta. Literalmente “rouba a cena” por onde passa e ainda pode ficar melhor se equipado com os acessórios certos.

Cruze traseira

Consumo do Chevrolet Cruze Hatch

A Chevrolet é uma das raras marcas que atuam no Brasil que ainda não têm o consumo de seus veículos monitorados pelo Inmetro, por isso somente testes pessoais ou de jornalistas tiveram a oportunidade de revelar o real valor gasto com combustível por quilometro do Chevrolet Cruze Hatch. Apesar disso ser um ponto negativo da marca, os interessados pelo carro não se restringem a comprá-lo por conta disso.

Em testes na pista o carro não se mostrou nada econômico. Ao rodar em velocidades médias de 100 km/h, o gasto com o etanol foi de 7,1 km/litro e não agradou. Com gasolina e etanol misturados ele pode fazer um pouco mais por quilômetro, mas quem vive com pressa no dia a dia provavelmente não abastecerá o carro com os dois combustíveis.

Interior do Cruze

Avaliação do Chevrolet Cruze Hatch

Os principais concorrentes do Cruze no mercado nacional continuam firmes nas concessionárias, o Golf está prestes a receber a sétima geração que deve chegar forte em 2014. A Ford aposta que o Focus HB pode ser o preferido nessa categoria, mesmo sendo um hatch médio. Outro concorrente direto é o Citroën C4 considerado por muitos o mais luxuoso entre todos na disputa.

Para vencer todos eles, o Cruze conta com freios ABS, controle de velocidade com piloto automático, controle de tração, ar-condicionado, airbags laterais e frontais, retrovisores com desembaçador e teto solar na versão LTZ.

Cruze interior traseiro

Quem tiver a oportunidade de conhecer o Chevrolet Cruze Hatch de perto com certeza se sentirá atraído pela beleza, as suas linhas são muito bem desenhadas, e as várias entradas de ar na dianteira deixam os apreciadores muitos ansiosos para conhecer a potência do motor que é de 144 cavalos para etanol e 140 com gasolina.

Veja mais algumas informações sobre o Chevrolet Cruze Hatch neste vídeo do Youtube:

Preço do Citroën Aircross 2013

Dianteira Aircross

A linha de veículos 2013 da Citroën está melhor do que nos anos anteriores. A marca tem estudado muito a opinião dos consumidores para decifrar o que eles buscam. É trabalhoso, mas dá para chegar próximo ao que querem sem abandonar as raízes. E isso é exatamente o que pode ser notado no Aircross, que depois de algumas mudanças está com mais recursos, e com itens que já chamavam a atenção anteriormente.

Tanto a opção de entrada como a melhor dentre todas as versões virão configurações muito parecidas, a não ser por alguns itens de luxo que incrementam a versão mais cara e sofisticada. As duas já estão disponíveis nas lojas da marca e com uma boa entrada pode-se conseguir um desconto e o valor final será reduzido.

Ficha técnica do Citroën Aircross 2013

Na configuração de entrada GLX, o carro receberá alguns itens privilegiados de série: direção hidráulica, faróis de neblina, regulagem de som diretamente no volante, vidros elétricos nas portas dianteiras, ar-condicionado e virá cm câmbio manual de série que nessa versão significa boa economia de combustível.

A versão mais sofisticada é chamada de Exclusive e vem com motor 1.6 16V Flex. Além dos itens já citados no GLX, ele possui bancos de couro, ar-condicionado controlado no painel digital, o sistema de som é da Pioneer e os vidros traseiros também recebem acionamento elétrico. O câmbio pode ser adquirido na configuração manual, ou automática caso o consumidor pague um pouco a mais por ele.

Painel de instrumentos

Preço do Citroën Aircross 2013 automático

A principal vocação do modelo, mesmo na configuração automática, é rodar em terrenos off-road, seus pneus já saem da concessionária prontos para o uso nessas condições. Infelizmente algumas partes podem desapontar os consumidores, como a suspensão traseira que merecia melhores configurações, pois são muito duras e passam todas as irregularidades do piso para dentro do veículo.

Para adquirir a versão GLX com câmbio automático o consumidor terá de pagar um valor a partir de R$ 57.900,00, preço que pode subir conforme as condições de vendas de cada uma das concessionárias da marca. Também pode ser alterado de acordo com a região da concessionária, pois os valores de impostos e frete são diferentes.

Traseira Aircross

Preço e consumo do Citroën Aircross

O modelo mais sofisticado parte de R$ 64.200,00 e ainda pode receber opcionais de airbags laterais e uma tela de 7 polegadas com sistema de navegação integrado. Tudo isso pode ser sentido na hora da aceleração, já que com os itens a mais o carro ganha alguns quilos que influenciam no desempenho.

Quem gosta de carros econômicos não vai se sentir satisfeito com esse modelo que deixa a desejar nas duas configurações. Com etanol ele registra a marca de 4,5 km/l itro na cidade e 8,7 km/litro na estrada. Se abastecido com gasolina pode fazer média de 6,5 km/litro na cidade e até 10,5 km/l na estrada.

Interior Aircross

Para investir em um Aircross é necessário gostar muito de esportes e não se importar com os gastos de combustíveis, pois tirando esse detalhe ele tem muitas funcionalidades e pode surpreender os interessados.

Veja mais funcionalidades e características do Citroën Aircross 2013 no vídeo do Youtube:

Novo Ford Fusion 2014

Dianteira

Uma das metas que a Ford tem para os próximos anos é tornar-se líder em vendas no mercado de sedãs grandes no país, contudo vontade não significa sucesso. Para alcançar a o auge, a montadora está investindo pesado em seus carros. O beneficiado dessa vez foi o Ford Fusion que recebeu uma nova geração e está ainda mais impressionante.

A marca não precisou nem analisar os concorrentes para saber o que deveria incorporar em seu veículo. Na verdade foi feito um investimento em melhoras na parte tecnológica, melhoras em aerodinâmica e também na aparência que ficou mais robusta do que antes. Praticamente tudo o que existia em aparência no antigo Fusion, não será mais visto no modelo novo.

Teste do novo Ford Fusion 2.5

Os testes podem revelar um veículo ainda mais firme na pista, e com os vincos no capô e na lateral se aproveita do vento para conseguir mais velocidade e aliar tudo à potência do motor. Ele que é um Duratec 2.5 flex, com câmbio automático de seis velocidades com trocas feitas diretamente na manopla atrás do volante. São 166 cavalos de potência quando abastecido com gasolina, e 175 cavalos quando utilizado Etanol.

Um mecanismo especial que contribui para a performance positiva do Fusion é a grade frontal ativa: ela tem palhetas que se abrem automaticamente, tudo depende da temperatura dos fluídos do motor. E quando em ação, elas podem melhorar o mecanismo do carro, tudo poderá ser sentido pelo condutor em cada marcha.

Traseira Ford Fusion

Consumo do novo Ford Fusion

Com tanta potência, a lógica é que o motor teria de consumir muito combustível se comparado aos modelos de potência inferior. Apesar de passar essa impressão o Fusion tem números que agradam. Na cidade a média é de 9,3 km/litro e na estrada sobe para 14 km/litro, lembrando que essa é uma média que pode ser alterada dependendo da velocidade com que o condutor rode com ele.

Já que possui a opção de trocas de marchas diretamente no volante, o consumo pode ser reduzido quando em modo manual. A opção de conduzir em modo automático não tem a mesma precisão humana para trocas, por isso os resultados podem não ser satisfatórios principalmente dentro de trechos urbanos.

Câmbio Ford Fusion

Preço do novo Ford Fusion 2014

Além do motor Duratec que já citamos, o carro ainda tem outras duas opções, o Titanium AWD 2.0 com tração nas quatro rodas, e o modelo Titanium 2.0 FWD que não muda muito em relação ao Duratec. A diferença entre os três motores pode chegar a R$ 92.990,00 para o mais barato e R$ 112.990,00 para o mais caro.

Ainda não se sabe a data certa, mas a Ford pretende lançar uma versão com motor híbrido, ele deverá vir com a melhor configuração possível. Nem mesmo os valores foram informados, mas se tudo correr bem ele deverá chegar à Europa no primeiro semestre de 2014.

Interior Fusion

Ainda são poucas unidades nas ruas brasileiras, mas esse número deverá aumentar em 2014, já que a marca estuda a opção de diminuir os valores para poder “lutar” de igual para igualcontra os maiores concorrentes do Fusion.

Veja mais alguns detalhes do novo Ford Fusion 2014 no vídeo do Youtube:

Preço do Volkswagen Gol G4

Gol G4

Para um carro se tornar conhecido e conquistar respeito, ele primeiramente precisa agradar aos consumidores com seu desempenho. O Gol é um veículo que vem desde os anos 80 surpreendendo no Brasil com a aceitação do público: desde que caiu nas graças do povo nunca mais deixou de liderar as vendas no país. Atualmente ele se encontra na geração de número 6. Ela foi lançada em 2013 e continua mantendo a liderança e isso ajuda a Volks a melhorar cada vez mais os seus itens de série.

Apesar da 6ª geração estar no mercado, o modelo da 4ª geração ainda continua sendo comercializado nas principais concessionárias da marca. O motivo disso ocorrer é que ele foi o último a ser considerado uma versão barata para os consumidores, pois os que vieram posteriormente receberam muitas mudanças encarecendo-os.

Preço do Volkswagen Gol G4 novo

A versão 2013 da 4ª geração continua com a mesma aparência, tanto no interior como no exterior, e são oferecidos modelos de duas ou de quatro portas. A versão mais acessível vem com poucos itens de série, os vidros são levantados através da alavanca, não possui trava elétrica e as rodas são de ferro com calotas instaladas de fábrica.

O preço inicial do veículo parte de R$ 25.420,00, bem abaixo do que os modelos atuais, que passam da casa dos 30 mil dependendo dos itens que oferecem no interior. Mesmo na versão mais barata já é oferecido o sistema de indicação de manutenção no painel de instrumentos, com ele é possível saber a hora de ir para uma revisão completa, e isso é um ponto a favor para o Gol G4.

Traseira Gol G4

Ficha técnica do Volkswagen Gol G4

O mais procurado pelos consumidores é o modelo com motor Ecomotion 1.0, com ele o carro vem com a potência de 999 cm³. São 68 cavalos utilizando gasolina e 71 cavalos com etanol, tudo isso é alcançado quando a rotação chega aos 5.750 giros. O torque máximo com gasolina é de 9,4 kgfm, enquanto com etanol pode fazer 9,7 a 4.250 rpm, e com tudo isso reunido vai de 0 a 100 em uma média de 12,5 segundos.

O comprador pode incluir alguns itens opcionais no veículo pagando um pouco mais por eles. É possível escolher rodas de liga leve, suspensão elevada, ar-condicionado, desembaçador de vidros traseiros, preparação para som, limpador de vidro traseiro com temporizador, alças de segurança no teto e 2 apoios para a cabeça nos bancos traseiros.

Painel

Melhorado em alguns aspectos perante o ano em que foi lançado aqui no Brasil, o Gol G4 é uma ótima opção para quem ainda procura um carro popular zero quilômetro com preços acessíveis. Faça um teste drive gratuito nas concessionárias Volkswagen de todo o país, se gostar poderá ter um ótimo popular em sua garagem.

Veja mais alguns detalhes sobre o Gol G4 Volkswagen neste vídeo do Youtube:

Chevrolet Agile 1.4 preço

Agile LTZ

O Agile 1.4 veio para suprir a necessidade da Chevrolet de ter um veículo que pudesse agradar os consumidores com um perfil mais “jovem e moderno”, segundo os executivos da GM, esse tipo de consumidor está interessado em novas tecnologias, tendências de moda e buscam um veículo com estilo. Pensando nisso, os engenheiros da Chevrolet trabalharam em um carro que teria um bom design, mas que por dentro continuasse com as mesmas características dos modelos já conhecidos da Chevrolet.

Ao chegar ao mercado, o Agile enfrentará concorrentes fortes em sua categoria, entre eles estão o Ford Fiesta 1.6, Renault Sandero 1.6 e o Volkswagem Fox 1.6 que é o mais vendido entre eles, porém, não tem muitos pontos positivos a oferecer aos seus consumidores.

Ficha técnica do Chevrolet Agile 1.4

A Chevrolet desenvolveu aos consumidores duas versões do Agile 1.4, o primeiro será simples com opções limitadas no interior e chamado de Agile 1.4 LT com menor preço, e o modelo completo que será chamado de Agile 1.4 LTZ com um preço mais alto. Tanto a versão básica como também a completa serão compostos com o mesmo motor, com 102 cavalos de potência utilizando etanol e 97 cavalos quando abastecido com gasolina, ambos com o 1.4 econoflex sem alteração no preço.

O LTZ do Agile da Chevrolet com preço diferenciado virá equipado com direção hidráulica, vidros e travas elétricas, câmbio manual ou automático, painel com luz azul e visual esportivo e o porta-malas que tem capacidade de 327 litros, considerado o maior da categoria. O rebatimento do banco é outro ponto positivo do Agile 1.4 da Chevrolet, pois é possível dobrar os assentos e carregar bagagens compridas.

Interior

Preço do Chevrolet Agile 1.4 flex

Outros pontos positivos do Agile 1.4 que chamam a atenção do comprador é o computador de bordo, controlador de velocidade de cruzeiro, acelerador eletrônico, preço e os airbags, em que tudo isso pode ser adquirido pelo preço a partir de R$ 40.320,00 em qualquer concessionária da Chevrolet no Brasil.

São oito cores disponíveis para você escolher seu Agile 1.4 sem acréscimos no preço, entre elas destacam-se o Branco Summit, Vermelho Chili e Verde Lotus que são cores dificilmente vistas nos modelos atuais da Chevrolet. Indo até a concessionária é possível personalizar um Agile a seu gosto, mas com as mudanças o preço final do carro sofrerá acréscimos.

Traseira Agile LTZ

Consumo do Chevrolet Agile 1.4 flex

A fabricante realizou diversos testes no Agile 1.4 antes do lançamento, por isso a Chevrolet afirma que o carro tem um consumo de 12,1 km/litro em perímetro urbano com gasolina, já com o etanol o gasto é de 8,4 km/litro. Na estrada os números superam-se e o Agile 1.4 terá um consumo de 16,2 km/litro com gasolina e 11,2 km/litro com etanol.

O ponto negativo do Agile 1.4 da Chevrolet é o isolamento acústico interno que deixa a desejar, assim como no carro Corsa, boa parte do barulho causado pelo motor quando está em alta velocidade é transferido para o interior e isso incomoda bastante os passageiros.

Câmbio automático do Agile

A chegada do Agile 1.4 esquentou o mercado dos hatches em que a concorrência da Chevrolet promete renovar o preço e as características dos carros dessa categoria para continuar disputando as vendas e a preferencia do consumidor brasileiro.

E para mais informações sobre o carro da Chevrolet Agile e o seu preço assista ao vídeo do Youtube:

Chevrolet Camaro Z28 2014

Dianteira do Camaro

Em março, o Salão do Automóvel de Nova York recebeu vários lançamentos de automóveis dos principais fabricantes do mundo e os que mais se destacaram foram os da Chevrolet Camaro, em que foram apresentados três novas versões o ZL1 conversível, SS e Z28. O lançamento do Camaro Z28 da Chevrolet resgata o primeiro modelo dessa mesma versão lançado no ano de 1967, que tinha como objetivo participar de corridas.

As principais mudanças feitas no Lançamento do Camaro Z28 com relação ao modelo anterior da Chevrolet foi o para-choque dianteiro, novas lanternas traseiras, faróis arredondados na dianteira, grade mais fina e saída de ar instalada no capô. Nos Estados Unidos as rodas serão pretas com 20 polegadas, mas essa e outras características do Camaro Z28 podem ser alteradas para o lançamento no Brasil em 2014.

Preço do Chevrolet Camaro Z28 2014

O valor atual do Camaro no Brasil é a partir de 203.000 mil reais, mas o preço do novo Z28 2014 ainda não foi oficialmente divulgado pela Chevrolet. Mas pelo simples fato de ser lançamento da linha histórica, a Chevrolet colocará um preço aproximado ou ainda superior ao do atual Camaro vendido no Brasil.

Caso o valor do novo Z28 não lhe agrade você terá como opção a versão SS que também foi lançado pala Chevrolet na versão 2014, pois é modelo mais vendido e conhecido do Camaro no mundo.

Traseira Camaro

Ficha técnica do Chevrolet Camaro Z28 2014

O Camaro Z28 será oferecido apenas com o câmbio manual mantendo o padrão esportivo da linha, o ar condicionado será opcional e sob o capô o Z28 terá um V8 de 7.0 litros LS7 com potência ainda não revelada, mas segundo a Chevrolet será no mínimo de 500 cavalos e 64,9 kgfm de torque.

O novo modelo Z28 está 45 kg mais leve e ainda a Chevrolet afirmou que nos testes realizados em um circuito, o Z28 superou em três segundos a volta mais rápida feita pela versão ZL1 Camaro, o qual era considerado o mais rápido da história com 557 cavalos.

Motor do Camaro

Interior do Chevrolet Camaro Z28 2014

Os bancos do piloto e do passageiro dianteiro do Camaro Z28 foram projetados pela RECARO, uma das marcas mais conceituadas na fabricação de assentos para veículos. Praticamente todo o interior do novo Z28 da Chevrolet é coberto com couro e também com camurça, uma mistura perfeita para passar conforto e modernização. Os airbags do Camaro Z28 são itens indispensáveis que ficam localizados no painel do veículo

Ainda o Camaro Z28 da Chevrolet possui um volante com comandos para a central de mídia, vários espaços no painel para guardar seus pertences e como é um modelo esportivo não terá um interior muito luxuoso como as versões do Camaro SS e ZL1 da Chevrolet.

Interior

Apesar do lançamento do novo Camaro Z28 da Chevrolet ter ocorrido nos Estados Unidos ainda não se sabe a data do lançamento e comercialização desse veículo no Brasil.

E assista ao vídeo do Youtube sobre o Camaro Z28 modelo 2014 da Chevrolet: