Home »
Warning: Use of undefined constant multiple - assumed 'multiple' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blogcarros/public_html/wp-content/themes/k180928/templates/content-single.php on line 3
Nacionais » Ford

Nova F-150 SVT Raptor 2010 a off-road mais radical de todos os tempos

Nova F-150 SVT Raptor 2010 a off-road mais radical de todos os tempos

A Ford desenvolveu através de sua equipe de veículos especiais (SVT) uma picape off-road pra lá de radical jamais oferecida por um fabricante automotivo. A nova geração da F-150 consegue andar em qualquer terreno. A criação foi inspirada nas picapes mexidas e de corrida no deserto. O resultado é incrível, cheia de potência e tecnologia a Raptor é de arrepiar os entusiastas por picapes e corridas no deserto.
Bem, vejamos os números: comparada à F-150 padrão, a bitola da F-150 SVT Raptor 2010 é 167 mm mais larga para acomodar os braços, tirantes e semi-eixo maiores e mais fortes da suspensão. A Raptor usa pára-lamas especiais de material composto que saltam 10 cm para cada lado para ajudar a cobrir a bitola mais larga e pneus especialmente projetados BFGoodrich todo-terreno T/A de 35 polegadas. Na verdade, a Raptor é tão larga que é obrigada a usar luzes indicadoras geralmente vistas em picapes com quatro rodas no eixo traseiro.
A distância do chão é de 25,5 cm, o que é facilmente absorvido pelo curso de 28,4 cm na suspensão dianteira e 30,7 cm na traseira dos amortecedores Fox Racing especialmente projetados. Esses amortecedores usam uma tecnologia patenteada de by-pass interno e são inéditos em um veículo de produção. Rodando na altura normal, os amortecedores da Raptor são três vezes mais rígidos do que os da F-150 de fábrica, mesmo assim eles são suaves e dóceis. Próximo ao fim do curso, a Raptor é sete vezes mais firme do que a F-150, o que evita impactos fortes e destruição do fundo do veículo.

Nova F-150 SVT Raptor 2010 a off-road mais radical de todos os tempos

Enquanto a carroceria e a suspensão são completamente exclusivas, o motor e interior são apenas levemente mexidos. Sob o capô fica o robusto V8 5.4 litros da Ford que rende 314 cv a 5000 rpm e 50,4 mkgf de torque a 3500 rpm acoplado a uma transmissão automática de seis velocidades. É o suficiente para dar conta do recado, mas os verdadeiros entusiastas de corridas no deserto irão querer o novo V8 6.2 que acaba de ser oferecido pela Ford, com 405,5 cv e 55,3 mkgf de torque. Por dentro, a Raptor segue o exterior agressivo com o volante em couro com uma marca vermelha marcando o centro, bancos também em couro preto, mostradores SVT e um painel com quatro interruptores auxiliares com fusível – perfeitos para controlar de luzes auxiliares a guincho.
Com seus pneus enormes, pára-lamas alargados, grade gigante e pacote gráfico opcional, a Raptor se parece com o brinquedo de deserto supremo. Mas ela é mais que isso; com carga útil de 450 kg, capacidade de rebocar 2700 kg e todos os extras da F-150 normal – incluindo o controle de freio e controle de balanço para reboque instalados de fábrica – a Raptor pode servir tanto como transportadora de fim de semana quanto picape de trabalho diário.
A SVT garantiu que a Raptor não seja um estorvo na estrada.

Nova F-150 SVT Raptor 2010 a off-road mais radical de todos os tempos

O que torna a Raptor um carro off-road tão formidável não são apenas as peças testadas em batalha, mas as sutilezas da eletrônica ajustada pela SVT – uma seara que os fabricantes de peças e acessórios têm pavor de adentrar. Por exemplo, o diferencial blocante eletrônico traseiro funciona a qualquer velocidade, em qualquer modo, seja na tração normal ou na 4x4 reduzida, com um simples aperto no botão seletor. Selecionado o modo Off-Road, a Raptor utiliza um mapa de potência e operação do câmbio de maior desempenho. O resultado: trocas de marchas mais agressivas com as rotações mais altas e a agilidade de uma picape de tração em duas rodas com a tração 4x4. O controle de descidas, uma exclusividade da Raptor, usa ativadores de ABS e permite percorrer declives em baixa velocidade de frente ou de ré sem encostar o pé no freio em momento algum.
A Raptor não é apenas equipada agressivamente, ela tem um preço agressivo. Por 38.995 dólares nos Estados Unidos (cerca de 68.240 reais, sem impostos e taxas), ela custa apenas 2.500 dólares a mais que a F-150 FX4 e é imensamente mais capaz. No caso da Raptor com motor 6.2, o preço sobe para 41.995 dólares, no mercado norte-americano. Com esse nível de desempenho nesse nível de preço, nós temos que concordar com o engenheiro chefe Hameedi: nenhum detalhe foi esquecido na Raptor e ela não tem concorrentes.

Tags: , , , , , ,
Publicado por Bruno
Revisado em 18/01/2010

Compartilhar