Renault Sandero automático 2014

Renault Sandero automático 2014

A Renault anunciou há pouco tempo atrás uma nova linha de automóveis compactos que, em pouco tempo, se popularizou e hoje vem conquistando o interesse de muitas pessoas. Trata-se do modelo Sandero, que desde 2007 vem chamando a atenção pelo seu visual bastante aventureiro.

Em 2011, quando recebeu um novo “up” em seu estilo, conquistou o carisma dos apaixonados por carros com as bem-vindas modificações realizadas na traseira e no interior, ganhando melhores acabamentos e aperfeiçoamentos.

O Renault Sandero chegou agora à linha 2013/2014, trazendo algumas modificações em relação às versões anteriores para melhor agradar seus consumidores.

Renault Sandero automático 2014 é bom?

A partir de 2011, quando os carros da linha Sandero ganharam novos acabamentos e alguns melhoramentos, foi introduzida a opção de câmbio automático com quatro marchas.

Campeão de vendas da fabricante de automóveis Renault, o novo Sandero 2014 está disponível em cinco diferentes versões: Authentique, Expression, GT Line, Privilège e Stepway. Os dois últimos, com câmbio automático de até quatro marchas, não fazem feio no acabamento, tanto interno quanto externo, propiciando um design confortável e bastante agradável.

Renault Sandero automático 2014 teste

A motorização de 1.6 16V nos modelos Privilège e Stepway confere a ambos uma potência máxima de até 112 cv, sendo abastecido tanto a álcool quanto a gasolina em um tanque com capacidade máxima para até 50 litros. O torque máximo é de 15,5 kgf.m. Airbags, sistema multimídia, rack de teto, aerofólio integrado, rodas de liga leve 16″ e acabamentos internos com cores diferenciadas proporcionam maior esportividade ao novo Sandero.

Teste do Renault Sandero automático 2014

Nas versões Privilège e Stepway, a linha 2014 apresenta mais elegância e esportividade ao novo Sandero.

Alguns testes foram realizados para verificar a potência do motor, sua eficiência, entre outros aspectos. Esses testes mostraram que o Privilège pode ir de 0 a 100 km/h em até 11.7 segundos, enquanto essa mesma aceleração no Stepway ocorre em 10.5 segundos. O consumo de combustível não chega a ser tão elevado, sendo, em média, de 6 a 9 km/l.

Renault Sandero automático 2014 - Interior

Um teste realizado no ano de 2012 com um modelo da Renault sem a opção frontal de airbag mostrou resultados negativos para o automóvel, reforçando a importância deste item para a segurança dos passageiros.

Preço do Renault Sandero automático 2014

Desde que passou a ser comercializado no país, o Renault Sandero se sobrepõe como um dos modelos de carros mais vendidos do Brasil, estando entre os 15 carros mais procurados pelos consumidores.

O modelo Privilège 1.6, por exemplo, está saindo no mercado por um preço de R$ 45.140, enquanto o Stepway 1.6 vem com um custo médio de R$ 49.120. Ambos os modelos automáticos no mercado se mostram duas grandes opções de consumo para os interessados em adquirir um automóvel na garagem.

Anunciada a nova linha para 2014, a Renault confirmou também que está será a última versão do modelo, enquanto já prepara uma nova geração para o próximo ano. Foi devido a isso que não foram introduzidas muitas novidades no Sandero 2014, que já está sendo comercializado nas concessionárias do país e aos poucos se destacando ainda mais no mercado.

Renault Sandero automático 2014 lado a lado

Os preços para ambas as versões Stepway e Privilège se apresentam justos à estrutura de série apresentada pelo automóvel, que tem se mostrado um concorrente de peso para outros hatchs bastante populares.

Para saber mais sobre o Renault Sandero, assista ao vídeo que segue abaixo.

Foto novo Renault Captur

Dianteira Captur

A Renault ainda quer esconder um pouco das informações sobre o seu novo carro, o Captur, segundo o diretor da empresa no Brasil ele e mais três outros modelos estão no páreo para ver qual será importado para o nosso mercado. Serão até 9.600 carros importados pela marca assim que for escolhido o que fará parte de nossos dias, apesar da concorrência dentro da própria empresa é certo dizer que o Captur tem grandes chances de desembarcar por aqui por conta da sua aparência que cabe melhor dentro daquilo que os brasileiros estão acostumados. Desde o exterior até o interior tudo se aproxima do padrão brasileiro, isso pode ser um sinal de que logo ele estará por aqui.

Foto novo Renault Captur

Provavelmente o crossover vai vir diretamente da França para a nossa terra em meados do início do segundo semestre do ano que vem, no começo será apenas mais importado com valores altos que poucas pessoas vão se interessar. Num futuro próximo ele poderá entrar pela porta da frente como um carro nacional, isso deverá acontecer somente a partir de 2015, e a previsão de lançamento vai ser para 2016 juntando milhares de espectadores que certamente vão conhecer melhor a versão nacional em um Salão do Automóvel em São Paulo. Ao menos na versão européia ele terá todos os seus detalhes interiores na cor do veículo, por isso as costuras de bancos e tapetes provavelmente venham a seguir tudo isso.

Traseira Captur

Foto novo Renault Captur motor

É um motor muito elástico que tem a potência de 120 cavalos que rodam a 4.900 giros e um torque de 19,4 kgfm. O motor é cumpridor de todas as expectativas que o consumidor possa ter sobre ele, pois não vai deixar na mão e ainda responderá com muita velocidade quando alguém pisar no acelerador. Depois de alguns testes fica claro que ele consegue fazer de 0 a 100 km/h em 12,9 segundos e tem a velocidade máxima de 171 km/h limitado de fábrica, mas para chegar a esses números precisa ser amaciado por um tempo. Tecnologia é algo que não vai faltar em momento algum em seu interior, pois contará com tudo de melhor incluindo vários comandos em seu volante, uma central multimídia com tela de LCD e um sistema de som que já vem instalado de fábrica.

Interior Captur

Deverá chegar por aqui na casa dos 60 mil reais em primeiro plano, mas com a montagem de suas peças por aqui esses números deverão cair e muito, valerá a pena conferir essa grande máquina quando ela desembarcar por aqui e as encomendas já podem ser feitas nas concessionárias da Renault.

Novo Renault Logan Brasil

Dianteira do Logan

Após ser colocado em exibição no salão de Buenos Aires o Logan virou a atração principal para os brasileiros, mesmo não sendo o centro das atenções ele mereceu destaque para todos os que estavam por lá que resolveram fazer fotos e vídeos do super carro. Comparado com a versão anterior ele passou por uma plástica incrível que o deixou com novas linhas, elas são arredondadas e harmoniosas se comparadas com as que víamos anteriormente. Esse modelo tem previsão de chegada por aqui logo no final deste ano, ou se isso não acontecer, deverá desembarcar por aqui no início do ano de 2014 onde terá os seus preços reformulados de acordo com o mercado.

Novo Renault Logan Brasil

Os consumidores nacionais vão se sentir a vontade com as mudanças dele que seguem um padrão que o nosso povo gosta, o espaço continua generoso e é uma das grandes qualidades. A distância entre-eixos continua a mesma do modelo anterior, mas apesar disso ele aumentou cinco centímetros de comprimento chegando a marca de 4,347m, a largura por sua vez acabou sendo encurtada em 2 cm, o porta malas ainda continua com a mesma capacidade de 510 litros. As linhas que detalham a dianteira do carro são as mesmas que se tornaram praticamente um padrão dos carros novos da Renault, as rodas virão estilizadas de fábrica misturando o preto com o cromado que se tornou a moda atualmente. Olhando de fora parece que está mais compacto, mas assim que se entra nele a sensação é outra.

Logan

Novo Renault Logan motorização

Muitos que esperavam mudanças principalmente no motor vão fica desapontados, na verdade a empresa tem a intenção de manter o motor do modelo atual, neste caso contaremos com um 1.0 16V, 1.6 8V de 106 cavalos e um 1.6 16V com 112 cavalos e esse último continuará contando com a opção de câmbio automático. Os motores novos que a Renault está desenvolvendo tricilíndricos devem ficar para os próximos anos, pois ainda não se sabe se todos eles vão fortalecer o nosso mercado ou apenas o último modelo citado. Apesar de não estar apostando todas as suas fichas em nosso mercado a marca quer sim conseguir algo por aqui, mas pretende entrar aos poucos.

Interior

A parte mais importante é que o veículo deverá concorrer de frente com os seus maiores concorrentes, dando à marca uma chance maior de vencer os desafios. Assim que o carro chegar por aqui poderão ser feitos testes neles por parte de quem desejar conhecer melhor suas mudanças e qualidades, certamente que qualquer um que rodar com ele vai sentir uma grande vontade de comprar e ter na garagem.

Novo Renault Scenic 2013

Scenic

A Europa é o principal ponto onde ocorrem as principais mudanças nos carros e também onde são lançados os veículos novos antes mesmo de chegarem ao Brasil, nem todos os carros que são lançados lá acabam vindo para cá, mas a maioria dos veículos que da certo aqui foi feito primeiramente para o povo de lá. Com certeza você já deve ter se acostumado a ver carros com grandes mudanças na parte exterior lá que nunca são feitas aqui, sem dúvidas esse é o caso do novo Renault Scenic que vai mudar somente na Europa, ao menos é o que os engenheiros da empresa dizem por enquanto. Essa versão será apresentada somente no salão de Genebra que começará no próximo mês na Suíça, apesar disso podemos adiantar algumas informações para você.

Mudanças no visual

Dentre as principais mudanças que veremos nesse carro está a atualização em seu design na dianteira, a mudança faz com que o carro se pareça bastante com o Clio Europeu que é bastante usado pelo povo de lá e caiu nas graças esse talvez seja o grande ponto a ser levado em consideração. Com esse desenho a grade de entrada do carro oferece um grande ponto a ser visto por todos, a grade de entrada de ar ficou um pouco maior e deu mais estilo ao carro em todos os sentidos. No interior o carro passará a ser equipado desde a versão de entrada que levará um sistema multimídia R-Link que é usado em vários carros da marca atualmente e é sem dúvidas um ponto importante.

Scenic lateral

Motor foi melhorado

Um dos pontos mais importantes de um carro novo é sem dúvidas o seu motor, se ele for melhorado é certo que mais pessoas vão passar a dar atenção a ele, do contrário será apenas a mudança estética que não vai atrair muitos clientes dependendo do que for. Nesse aqui além da estética o motor recebeu um ajuste que vai possibilitar a ele consumir 15% de combustível a menos do que era anteriormente. Serão várias plataformas de motor para os consumidores escolherem, apesar disso não foi divulgada nenhuma informação extra sobre o assunto, na verdade o único que sabemos que estará a disposição dos interessados é o carro com 128 cavalos de potência. Uma versão aventureira também poderá ser encontrada nele você poderá rodar em estradas off-road de maneira segura e perfeita.

Scenic traseira

Ainda é uma incógnita saber se esse modelo vai chegar ao Brasil, afinal ele lembra bastante alguns populares que já estão por aqui como o Uno e o Palio que ficaram bem parecidos em desenhos. Os prelos também não foram divulgados e não é possível informar a seu respeito, apesar disso é importante saber que será quase o mesmo valor do modelo anterior.

Renault Duster 2013 avaliação

Uma coisa difícil é conseguir encontrar pessoas que não se rendam ao talento da Renault que é uma empresa que vem trabalhando com toda força para agradar aos seus clientes, no início de seus trabalhos por aqui a empresa não queria nem saber de muita tecnologia em seus carros, a principal das intenções era atingir aos consumidores dos carros populares que são os mais vendidos entre todos aqui no Brasil. A tendência é que nos próximos anos a Renault chegue com muito mais força na hora de disputar espaços com a concorrência, por isso já é bom ir preparando suas economias para conhecer um dos carros mais legais que a empresa já colocou para circular nas ruas brasileiras.

Renault Duster

A marca renovou o seu modelo a fim de que mais pessoas estejam ligadas na novidade para investir bem o dinheiro que têm, para atrair a clientela a primeira das grandes opções do carro é ele ser de tração 4×4 ou 4×2 com opções de câmbio manual ou automático. As duas versões de motores são de 16 válvulas tanto o 1.6 como o 2.0, alguns itens também fazem parte de toda a tecnologia envolvida na fabricação desse veículo como o sensor de estacionamento e o protetor dianteiro a frente do para-choques e também o engate que é um acessório de fábrica nesse veículo. Praticamente todos eles podem vir com algum tipo de acessório diferente tornando o exterior do carro mais vistoso, claro que o consumidor terá de desembolsar um pouco mais por eles se quiserem, mas vai valer a pena.

Duster

Interior do veículo

O interior do carro tem quatro entradas de ar que podem ser totalmente bloqueadas na hora em que o condutor quiser, além disso, tem uma tela touch screen de 8 polegadas com várias funções como GPS, AM/FM, TV Digital, entrada para Ipod e para cabos USB, sem contar o Bluetooth que recebe diversos tipos de arquivos diferentes para serem lidos pelo aparelho. Colocar esse incrível acessório em seu carro não vai ser nada barato, uma vez que ele é oferecido por 2.999 reais já instalado. Quem deseja ir com esse carro até uma estrada Off-Road e se aventurar por lá, ainda terá a opção de escolher entre onze modelos diferentes para acompanhar o veículo. Com um pouco a mais de investimento você certamente vai sair com um bom apetrecho para usar, deu para notar que não são poucas as vantagens oferecidas pelo fabricante desse veículo não é mesmo?

Duster 2013

Aproveite que existem bastante promoções nas principais concessionárias da Renault e leve o seu usado para ele funcionar como parte do pagamento, sem dúvidas você vai fazer um grande negócio por ele.

Renault Twizy no Brasil

Como seria uma cidade grande ideal para você? Provavelmente todos diriam que gostariam muito que não houvesse trânsito e nem poluição, essas duas coisas são bem difíceis de ver hoje em dia já que cada vez mais carros são vistos nas ruas e assim o transito fica difícil de ser controlado. A Renault já vem trabalhando há alguns anos em carros que podem ser usados por nós para evitar o trânsito e também a poluição do dia a dia, um novo veículo compacto que recebe várias designações de nomes está chegando pronto para satisfazer a vontade de todos. Veja um pouco mais dos detalhes dele para tirar suas conclusões, afinal logo mais ele vai estar disponível para os brasileiros comprarem.

Twizy

Quem olha de perto acha que é um carro de brinquedo feito para crianças, outros desconfiam que dentro daquele espaço vá caber alguém alto. Para isso a empresa levou o modelo no Salão do Automóvel de São Paulo para mostrar que isso pode acontecer sim, uma jogadora de vôlei que tem mais de um metro e noventa de altura foi testar o carro, as impressões que ela teve do modelo é que pode dirigir perfeitamente como se fosse um carro qualquer. Contudo, ela mencionou que não se via chegando ao treino com um carro tão pequeno já que suas amigas certamente iriam tirar sarro dela. Ele parece um carro que saiu de filmes de ficção cientifica ou de algum filme que mostre o futuro, bem nos já estamos vivendo nesse período e por isso temos que acostumar com carros assim.

Twizy em movimento

Econômico e solução para os problemas

Após alguns testes realizados algumas pessoas se perguntavam sobre como seria dirigir um carro desses, pois ele se parece com um carro, mas também lembra uma moto de duas rodas. Ele surpreendeu nos testes por conta de sua duração da bateria, apesar de ser um pouco duro na hora de dirigir ele é estável e não treme muito no interior. Seu sistema de câmbio é feito automaticamente, basta ligar clicar no botão “D” e sair rodando depois de algum tempo e pisando até mais da metade do acelerador. Será um carro para solucionar os problemas de trânsito, caso várias pessoas comecem a investir nele, o maior problema é que leva apenas uma pessoa, por isso se o preço não for bom, não vai compensar gastar dinheiro com ele, pois se todos precisarem de um carro como esse o trânsito continuará o mesmo.

Twizy de portas abertas

Os brasileiros terão de esperar até meados do ano que vem para poder contar com esse carro, a tendência é que ele chegue logo por aqui, mas ainda não se tem informações de valores nem nada referente ao preço, por isso somente o tempo dirá as verdades sobre ele.

Renault Fluence 2013 Automático

A Renault quer expandir a sua linha de veículos no mundo com lançamentos cada vez mais espetaculares, alguns dos carros da marca já atuam no Brasil e são bastante vendidos se comparados com outras marcas que têm o mesmo objetivo. Quando um modelo não da certo no mercado a empresa trata logo de conseguir inovações com os seus engenheiros para praticar sobre o veículo, isso é algo normal hoje em dia até mesmo com os carros populares que mesmo vendendo bastante unidades podem deixar a desejar em alguns aspectos e perder mercado para outras marcas. A diferença é que a Renault quer conseguir aumentar a quantidade de clientes que tem, por isso simplesmente ao invés de renovar o modelo para manter o mercado a empresa renovou para conseguir mais clientes apaixonados por tecnologia.

Renault Fluence

Na Coreia Do Sul esse carro é conhecido como Samsung SM3, um carro que foi lançado para abrir portas a empresa em uma nova categoria de compradores, a parte mais interessante nesse caso é que foi possível ver isso porque ele já era realmente muito bonito e com tecnologias de ponta. Agora o carro que continuará com o mesmo nome no país do Oriente Médio receberá mudanças feitas pela montadora local, as mudanças foram bastante concentradas em algumas partes como os pára-choques traseiro e dianteiro. Visualmente ele recebeu algumas mudanças que passam a sensação de ser um carro esportivo, a grade dianteira está com molduras cromadas e os faróis passaram a ter máscara negra.

Renault Fluence

Estilo inconfundível

As rodas agora estão mais destacadas com detalhes que remetem ao “ventilador”, abaixo das portas uma saliência foi colocada para deixar o modelo com cara ainda mais esportiva. O interior recebeu mudanças chamativas como um painel com cores cintilantes e que trazem mais facilidade ao condutor que precisa enxergar o que tem para ser lido com apenas algumas olhadas. Detalhes com estilo de madeira também fazem parte do interior e foram colocados a meia altura logo acima do suporte para o rádio e abaixo das entradas de ar. Os bancos em couro continuam com o mesmo matéria só que com outros desenhos, a opção de puxar um suporte no banco traseiro é um opcional bem legal.

Interior Fluence

Quem gosta de um carro tecnológico com bastante cara de esportivo vai amar conhecer esse modelo, mas os brasileiros ainda terão que esperar um pouco para poder conhecer mais a respeito dele. A Renault ainda não anunciou se pretende trazer esse veículo com essas mudanças para o Brasil, mas é certo que se isso ocorrer ele tenha algumas mudanças feitas para ser adaptado ao mercado brasileiro.

Novo Renault Clio 2013

Renault Clio 2013

Pretendendo dobrar a quantidade de clientes em todo o Brasil a Renault está colocando diversos carros no mercado, apesar de já ter conquistado seu espaço a empresa sabe que ainda tem bastante potencial para alcançar novas metas e satisfazer ainda mais quem pensa em comprar um carro. Com veículos mais incrementados do que os populares e com preços um pouco acima dos deles a Renault precisa melhorar o seu nome para que os clientes de médio porte passem a enxergar seus carros como uma solução barata, o custo benefício dessa marca sempre foi bom, visto que seus carros dificilmente dão problemas e com a chegada de peças rápidas ao mercado mesmo que isso ocorra a manutenção não é mais tão cara como possa parecer.

Renault Clio novo chegando

Repaginado esse carro será um dos apresentados pela marca no Salão do Automóvel de São Paulo, o presidente da empresa que está no Brasil, Oliver Murguet, despistou quando foi perguntado sobre quais são os modelos que serão repaginados. Apesar disso já haviam vazado fotos dos projetos novos na internet, dentre os que mais sofrerão mudanças está o Clio, a única coisa que ainda continuará parecida com a versão anterior é a lateral do carro. Os faróis dianteiro e traseiro passaram por uma pequena mudança que deixaram-nos mais chamativos, faróis de milha parecem que vão ser instalados como itens de série. Todo mundo que gosta de um bom hacth como esse vai apreciar as mudanças.

Interior Renault Clio

Motor mantido

O motor praticamente será o mesmo que já conhecíamos com 1.0 e 16V Hi-flex com 77 cavalos de potência, o interior sofrerá mudanças significativas também visando os modelos que estão no mercado como o Sandero. Nenhuma dessas novidades é mais interessante do que saber que ele poderá economizar ainda mais combustível, suas tecnologias melhoraram o desempenho nesse quesito. Portanto além de ser 1.0 ainda conseguirá eliminar os gastos desnecessários, é uma tendência bastante interessante que essa empresa vem seguindo para melhorar as vendas. Alguns reclamam do carro ser 16V, mas vale lembrar que se mantiver a troca de óleo em dia e a correia dentada também dificilmente terá problemas, a manutenção já não é mais tão cara como antigamente.

Vamos aguardar o seu lançamento oficial para saber mais a seu respeito, podemos nos surpreender ainda mais já que a empresa faz jogo duro dificultando a saída de informações para a imprensa. O que eles buscam é o prestígio com maior presença da imprensa curiosa para saber o que seus carros poderão conseguir alcançar no mercado, quem esperar mais para comprar um carro pode não se arrepender.

Renault Sandero chega às lojas

A nova serie 2011 do hatch Sandero, nos modelos básico e aventureira Stepway, está chegando as concessionarias da montadora francesa Renault no máximo até o inicio da semana que vem. O hatch básico Authentique, traz na sua configuração um propulsor 1.0 Hi-Flex e tem preço inicial de R$ 29,690. A novidade para a versão de entrada é a inserção de itens no Pack Plus. Com isso, além dos equipamentos que já faziam parte do pacote, como desembaçador, ar quente, limpador do vidro traseiro, o conjunto traz maçanetas internas e difusores de ar pintados na cor prata. Como opção de itens adicionais, o modelo Authentique disponibiliza ar-condicionado e direção hidráulica.
A versão intermediária Expression foi mantida, oferecendo motor 1.0 16V Hi-Flex com preço inicial partindo de R$ 32,440 ou um propulsor 1.6 8V Hi-Torque com preço partindo inicialmente para R$ 34740. No modelo Expression as novidades são espelho retrovisores com carcaça na cor da carroceria, maçanetas e difusores na cor prata, além de manopla do cambio com acabamento em alumínio. O pacote opcional chamado de Expression Pack dispõe de radio/CD com MP3 e entra auxiliar, vidros dianteiros elétricos, ar-condicionado, travas elétricas, sistema de travamento automático das portas a partir de 6km/h e alarme perimétrico. Com um acréscimo de R$ 400 a fabricante ainda oferece comandos do som na coluna de direção.

Já o Sandero Privilege é a ultima versão antes do top de linha do modelo francês. O modelo vem equipado de fabrica com rodas de liga leve de 15 polegadas, retrovisores com regulagem elétrica, computador de bordo, direção hidráulica e ar-condicionado. O pacote opcional da versão Privilege vem direcionado para a segurança, chamado pela Renault de Pack Segurança o kit traz airbags duplos, volante com revestimento em couro, além de freios com sistema ABS e distribuidor eletrônico EBD.
A versão aventureira Stepway fica com a vaga de top de linha e está disponível apenas com a motorização 1.6 16V Hi-Flex. Equipado com os mesmos itens do modelo Privilege, o Renault Sandero Stepway também traz suspensão elevada para reforças às aventuras do seu proprietário. O Sandero Stepway tem preço inicial a partir de R$ 45.690 e seu consumo médio na cidade é de 11,7 litros com gasolina e 8,2 litros abastecido com álcool. O Stepway atinge de 0 a 100km/h em 10,6 segundos (gasolina) e 10,5 segundos com álcool, podendo atingir a velocidade máxima de 174km/h com gasolina e 177km/h com álcool.
Curiosidade – Todos os modelos da montadora francesa têm três anos de garantia dados pela própria fabricante e são fabricados no Brasil. Para maiores informações dos modelos você pode acessar o site www.renault.com.br e tirar suas duvidas.

Novo Renault Logan

Novo Renault Logan

O modelo Logan da montadora francesa Renault foi lançado em 2007 e somente agora vai passar por sua primeira reestilização. O veiculo vai ficar parecido com o modelo vendido no mercado europeu pela Dacia, empresa subsidiaria romena da marca francesa. As principais alterações se concentram especialmente na carroceria que apresenta linhas suavemente arredondadas, o que dá ao sedã um visual mais harmonioso e menos quadrado.
A série 2011 do Renault Logan não terá mudança no valor e parte de R$ 28.690 (com IPI já integrado no preço) no modelo Authentique, com propulsor 1.0. Já a versão Expression com motor 1.0 tem valor de inicio de R$ 30.190 e no modelo com motor 1.6 o preço sugerido parte de R$ 32.690. Contando com todos os opcionais disponíveis, que incluem freios ABS, airbag duplo e encosto de cabeça para o terceiro passageiro, o preço chega a R$ 41.240.

Novo Renault Logan

Com a reestilização o modelo ganhou novos para-choques deixando o sedã 3,9 centímetros maior e agora tem um total de 4,29 metros de comprimento. Existe ainda nova grade frontal com friso cromado, faróis com pisca integrado, lanternas traseiras, painel da parte interna das portas redesenhados e tampa do porta-malas com uma espécie de aerofólio integrado.
Já na parte da cabine, o quadro de instrumentos ganhou novo design, o acabamento foi feito com materiais de melhor qualidade e o seda também recebeu melhorias no isolamento acústico. O veiculo não sofreu alterações na largura mantendo em 1,74 metros, 2,63 metros de entre-eixos e o porta-malas tem capacidade máxima para 510 litros. Outro item que não sofreu mudanças foi a motorização. Sob o capo, o novo Logan vem equipado com a mesma motorização 1.0 16V capaz de gerar 77 cavalos de potencia máxima e o mesmo 1.6 8V que tem 95 cavalos de potencia, os dois propulsores são bicombustíveis (flex).
Com o lançamento do modelo, que deve chegar às concessionárias logo no inicio de maio, a fabricante Renault espera aumentar a sua participação no segmento de sedas compactos de 5% para aproximadamente 7%, o que significaria a venda de 35 mil unidades por ano.
O próximo veiculo da marca francesa que deve mudar é o hatch Sandero, que é o principal modelo da montadora no Brasil, com uma reestilização no visual, provavelmente, no segundo semestre do ano.

Renault Clio também será fabricado na França

Renault Clio também será fabricado na França

O chefão da montadora Renault, o brasileiro Carlos Ghosn, comunicou ao presidente francês, Nicolas Sarkozy, que a nova geração do compacto Clio terá sua fabricação compartilhada pelas unidades da montadora em Flins (França) e em Bursa (Turquia). A possibilidade inicial de toda a produção do carro ser transferida para a Turquia gerou uma crise na França, com sindicalistas temendo que empregos sejam cortados na Flins.
De acordo com o “Journal du Dimanche”, o executivo não especificou quantos carros serão fabricados em cada linha de montagem. “Falar de volume hoje em dia não é muito realista”, disse Ghosn à publicação, em sua edição deste domingo (17). O encontro do executivo com Sarkozy aconteceu no sábado.
Ghosn disse que a reunião com Sarkozy focou o futuro da Flins, “uma fábrica permanente para a Renault, na qual os empregos serão mantidos”, afirmou o mandatário.

Segundo ele, a unidade francesa “será o único lugar de produção” do futuro veículo elétrico Zoe, continuará fabricando o Clio atual, e a partir de 2013 passará a produzir parte da quarta geração do Clio. No entanto, sindicalistas desconfiam dessa versão.
O argumento de que o elétrico Zoe será fabricado em Flins não comove Fred Dijoux, representante da central sindical CFDT (Confédération Française Démocratique du Travail). “Isso não será suficiente para manter os empregos”, avalia o sindicalista.
A atual geração do Clio na França é posterior a que ainda é fabricada no Brasil. De modelo praticamente único da Renault por aqui, o Clio viu morrer sua versão sedã, perdeu a opção de motor 1.6, e hoje só é encontrado na configuração Campus, voltada a compradores que procuram seu primeiro carro. É um dos resultados da aposta da Renault em modelos destinados a países emergentes, que são fabricados pela subsidiária Dacia, da Romênia — como o Sandero e o Logan.