Manutenções preventivas do carro

Inspecionar seu veículo regularmente poderá evitar futuros constrangimentos e até acidentes. Veja quais os itens que merecem sua atenção!

Quem nunca ficou na mão em alguma viagem por problemas no veículo? É uma situação muito ruim, pois além de ser desconfortável, você fica perdendo tempo esperando por socorro, gasta uma fortuna com a reparação e ainda arrisca os demais componentes do veículo.

Manutenção preventiva do carro

As manutenções preventivas não significam levar o veículo no mecânico e gastar uma nota com pouca coisa. Mas sim, fazer vista grossa com itens essencias para o bom funcionamento do motor e da segurança dos passageiros.

Manutenção constante do carro

No Brasil, milhares de pessoas sofrem acidentes por causa da má conservação do veículo e descuido em ver níveis de água e óleo. E desses acidentes, inúmeras vidas são perdidas.
Se você é um novato no volante e ainda não sabe como manter seu veículo seguro de futuros imprevistos, atente aos tópicos a seguir.

Água e óleo

Esses são os itens básicos que todo bom motorista deve ficar de olho. A água tem como principal função resfriar o motor através do radiador e o óleo de lubrificar o motor em funcionamento.

Para repor a água que foi gasta no decorrer dos dias, abra o capô e procure pelo reservatório de água – geralmente fica marcado na tampa – no próprio reservatório haverá uma linha que marca o mínimo e o máximo que deve haver. Abra (em caso do carro estar quente, não coloque o rosto perto ou em cima do reservatório) reponha o líquido até a marca indicada e feche bem a tampa.

Verificando a água do carro

No caso do óleo, tenha em mãos um pedaço de papel higiênico ou uma estopa para limpar a vareta. Procure pelo ícone de óleo (encostado no motor), puxe-a, limpe e coloque novamente. Agora puxe e veja se está de acordo com o que está indicado na própria vareta. Se estiver abaixo do limite, leve o carro até um posto de gasolina ou em um mecânico e peça a troca do óleo.

Verificar óleo do carro

Se não houver esses pequenos cuidados, você poderá fundir o motor e terá que refazer todas peças que quebrarem.

Pneu, freios e estepe

Esses componentes comprometem não só segurança do veículo, como também a de todos os passageiros e demais viajantes próximos na estrada.

Pneu – Verifique sempre se não está gasto e mucho. Nos pneus existem marcas que indicam o nível de uso. Atente sempre nas linhas de segurança. Agora, se ele estiver apenas mucho, vá até um posto de gasolina e peça para calibrar os pneus. A variação do PSI (unidade de medida usada para calibrar) vai de acordo com o tamanho da roda. Procure ver o número descrito nas laterais dos pneus.

Calibrar pneu

Freios – O sistema de frenagem depende das pastilhas e do bom funcionamento de todo o freio. Sempre que ouvir ou sentir algo de diferente nas frenagens, procure um mecânico e peça a revisão.

Frenagem do carro

Estepe – O estepe é um pneu reserva que fica guardado no porta-malas dos veículos para ser usado quando um dos quatro ativos apresentar furo ou qualquer ou defeito.
OBS* Faça o rodízio dos pneus. Dessa maneira você tornará a vida útil dos pneus mais longa.

Estepe

Esses foram alguns do itens básicos que merecem sua atenção constante, porém, sempre que puder, leve o seu veículo até uma pessoa especializada e faça uma revisão geral. Dessa maneira você evitará acidentes, desconfortos e gastos desnecessários. Lembre-se! Independente do lugar, você dirige não só para você, mas também para o outros. Dirija com prudência.

Quer saber mais sobre a importância de uma manutenção preventiva no veículos automotores? Então, assista ao vídeo que segue abaixo e fique ligado!

Saiba mais sobre carros

08/01/15 por Luis Carlos

   



Mais informações por email

Comentar